Classe A – RCA Victor Coletânea (1975)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Se tem uma coisa que eu sempre gostei foi de coletâneas. Eram através delas que a gente  podia degustar diversos artistas de uma determinada gravadora. Uma forma de levar ao público os diferentes artistas, misturando os ‘medalhões’ com aqueles ainda pouco conhecidos. O difícil era achar uma coletânea realmente fina, com artistas e repertório de qualidade. Nesse sentido, a RCA sempre brilhou. Acho que talvez até pela qualidade de seu ‘cast’. Em 1975 a gravadora lançou esta coletânea com alguns de seus mais destacados artistas. Acho que nem preciso falar muito, só pela capa se pode ver que o grupo é seleto, só música bacana, sucessos de uma época onde ainda se fazia boa música. Este é mais dos muitos bons presentes oferecidos pelo amigo Fáres, a quem mais uma vez eu agradeço. E vamos nessa que a coisa é boa. Aguardo vocês no GTM 😉

bodas de prata – joão bosco
diacho de dor – maria creuza e antonio carlos & jocafi
pote de mel – carlos walker
jogo da vida – tamba trio
ligia – lucio alves
chega – ivan lins
disritimia – martinho da vila
meia noite – antonio carlos & jocafi
tristeza chama tristeza – eliana pittman
se alguém telefonar – milton carlos
massa falida – cesar costa filho
flicts – sergio ricardo
.

Vários – Levanta A Poeira (1977)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Unindo o útil ao agradável (ou coisa assim), aqui venho eu trazendo para vocês a postagem desta sexta feira. Digo isso, poque estou postando hoje um disco de doação, feito pelo amigo Fáres, que gentilmente nos ofertou e eu, como prometido, fiquei de digitalizar o lp para ele. Nessas horas, todos saem ganhado. Até porque, o disco de hoje é uma interessante coletânea, com algumas faixas que vale a pena relembrar. “Levanta a poeira” foi lançado em 1977, trata-se de uma coletânea daquelas tipo ‘salada mista’, onde a gravadora junta um pouco de tudo aquilo que tem de sucesso e faz isso, um mexidão. Como podemos ver aqui, temos uma relação de músicas e artistas bem diferentes entre si, embora todos rezem da mesma missa, a música popular brasileira. Temos Geraldo Vandré, Helena de Lima, Toquinho & Vinícius, Maria Creuza e entre esses, outros nomes como Mutinho, Luiz Carlos, Clovis de Lima, Beto Scala, Diomedes e Mauro Silva, artistas que com seus fonogramas complementam esta curiosa produção. Gosto de coletâneas como esta, confusas e mal trabalhadas. Sempre rola algo que estava me faltando ouvir.
No mesmo ano de 1977 a Som Livre também lançou um disco (de samba) como título bem parecido, “Levanta Poeira”, o qual, também já foi postado aqui no Toque Musical. Pensei até que fosse continuação da saga

levanta a poeira – mauro silva e sua banda
sabendo usar, não vai faltar – luiz carlos
oi lá – mutinho e toquinho
mas que doidice – maria creuza
porta estandarte – geraldo vandré
ri – barracão – chorou, chorou – helena de lima
recado ao samba – diomedes
meu panamá – mutinho
marcha da quarta feira de cinzas – toquinho e vinícius
rosa flor – geraldo vandré
moça do cabelo cacheado – beto scala
volta por cima – clovis de lima
.

Toquinho, Vinícius & Amigos (1973)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Contrariando as expectativas, por aqui, realmente, não vai ter Copa! Não adianta nem pedir ajuda à Fifa, ao Lula ou à Dilma. Adoro futebol, mas aqui ninguém é idiota. Vai que o Joseph Blatter e sua gang resolvem começar a fazer exigências… querer deixar isso aqui parecido com o Loronix, tudo em inglês, texto perfeito padrão Fifa… sem chance! Aqui, faço eu!
Vamos então rodando o nosso disco do dia. Vamos com este célebre lp de Toquinho & Vinícius lançado pela RGE/Fermata em 1973. Um álbum cheio de convidados, como se pode ver logo pela capa: Chico Buarque, Maria Bethania, Maria Creuza, o italiano Sergio Endrigo e Ciro Monteiro, que aparece aqui em suas últimas gravações.

apelo – toquinho, vinincius e maria bethania
que martírio – toquinho, vinícius e ciro monteiro
tomara – toquinho, vinícius e maria creuza
poema degli occhi – toquinho e sergio endrigo
samba da rosa – toquinho e vinicius
você errou – toquinho, vinícius e ciro monteiro
e se esqueça de mim – toquinho
la cada – toquinho, vinícius e sergio endrigo
viramundo – toquinho e maria bethania
lamento no morro – toquinho, vinícius e maria creuza
desencontro – toquinho e chico buarque
.

III Festival Internacional Da Canção Popular Vol. 2 (1968)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Segue aqui mais um disco do III Festival Internacional da Canção Popular, o volume 2. Confesso que li pouco sobre os antigos festivais de música popular da década de 60. Aliás, sempre faço confusão, pois foram tantos e com nomes, as vezes, até parecidos. O interessante nessa época é que a indústria fonográfica investia pesado nesses projetos. Produziam não apenas o disco com as ’12 mais`, aquelas finalistas, mas também e na sequência, lançavam aquelas músicas que chegavam a classificação. Isso era muito legal, pois permitia que o público apreciasse as outras músicas (que em muitos casos eram tão boas ou melhores que as finalistas. Mas enfim, essa é uma questão polêmica, envolve o gosto do freguês e os planos das gravadoras.
Segue assim este que é o volume 2, trazendo novas canções, mas se repetido em alguns intérpretes. Músicas   de alto nível, principalmente pelos arranjos e batutas dos nossos grandes maestros. Vale uma conferida!

engano – morgana
visão – taiguara
mestre sala – elza soares
filho de iemanjá – mary lauria
américa, américa – luiza
praia só – maria creuza
maria é só você – maria creuza
o tempo terá tua paz – mariá
corpo e alma – clara nunes
mergulhador – luiza
despertar – doris monteiro
canto do amor armando – mary lauria
.

A Medida Do Sucesso (1972)

Olá amigos cultos e ocultos! Com a colaboração dos meus célebres parceiros musicais, foram corrigidos alguns links que estavam desativados. Demoramos um pouco, mas estão todos aí…
Começamos a semana numa boa (humm…) Tenho aqui para vocês esta coletânea dos bons tempos da Som Livre. Estão reunidas aqui algumas músicas que eu mesmo já nem me lembrava. Coisas como “Lúcia Esparadrapo”, “Karaní Karanuê, “Mudei de Ideia”, além das internacionais “Oh Me, Oh My” na versão de Jane Duboc e “Les Rois Mages” com Sheila, são músicas que vieram a tona em minhas lembranças e acredito que acontecerá o mesmo com quem viveu e curtiu os anos 70. A seleção musical desta coletânea traz diversos temas que fizeram parte de novelas e programas da Rede Globo. Muito boa, confiram…

oh me oh my – jane duboc
karaní karanuê – diana camargo, myrna e elson
mudei de ideia – osmar milito e quarteto forma
o cafona – angela e paulo sergio valle
o que é que houve? – o som livre
kyriê – trio ternura
lourinha – marília pêra
mas que doidice – maria creusa
les rois mages – sheila
lúcia esparadrapo – betinho
desacato – maria de fátima
shirley sexy – marília pêra
você abusou – maria creusa

Maria Creusa – Sessão Nostalgia (1974)

Meus caros amigos cultos e ocultos, infelizmente ainda continuo apertadão de costura e sem muito tempo para fazer aquilo que gosto e que vocês também gostam. Calma! Antes que pensem coisa errada, vamos nos lembrar que o blog aqui é de música.
Tenho, vez por outra, utilizado o termo ‘disco de gaveta’ numa alusão ao jornalismo, quando na falta de uma notícia, eles recorrem as chamadas ‘notícias de gaveta’. Que são aquelas que servem para preencher lacunas no jornal. No nosso caso, não é bem por falta de discos, mas por pura falta de tempo. Daí utilizo os que, por alguma razão, eu deixei de lado – muitas vezes quando descubro que aquele que eu pretendia postar já está nas bocas, blogs e ouvidos. Esses acabam ficando guardados, esperando um momento como este para serem encaixados.
Maria Creuza, neste disco, é um exemplo. Já rodou muito por aí e agora vai fazer sua vez aqui.
“Sessão Nostalgia” é um lp que traz alguns bons momentos da mpb na voz e interpretação desta grande cantora. Se você ainda não viu ou ouviu este disco por aí, aproveita então o toque.

para falar a verdade
vingança
luz negra/o sol nascerá
duas contas
de conversa em conversa
no meio da festa
sessão nostalgia
desmazêlo
com açucar com afeto
ninguém me ama
o que tinha de ser
pé de valsa
com que roupa
pra dizer adeus