Neuza Maria E Britinho – As Favoritas Do Disc-Jockey Haroldo Eiras (1955)

Nos últimos dias tenho acessado com mais freqüência minha conta no Orkut. Eu nunca tive muita paciência e devo admitir que antes havia até um certo preconceito de ‘orkuteiros’. Mas como tudo, com o tempo aprimora, melhora ou piora. Acho que o Orkut tem melhorado e vem se transformando numa ferramenta muito útil de comunicação e divulgação. Passei a acreditar mais nessa via e a adotei como um outro ponto de referência. Tenho feito por lá bons amigos, mas também estranhado algumas comunidades e comportamentos. Só para vocês terem uma idéia, numa dessas comunidades relacionadas à música, encontrei uma distinta figura que disse não disponibilizar seu acervo, para evitar que os blogs piratas os copiem. Seria ético se não fosse céptico, considerando que essa figura teve (e tem) como sua maior fonte de pesquisas os malditos blogs piratas. São esses que trouxeram o que ela vem distribuindo homeopaticamente em sua comunidade. O que essa pessoa não sabe ou não quer saber é que os verdadeiros piratas são aqueles que lucram com a pilhagem. Pirata é aquele que na surdina, oculto e com IP variável entra no meu blog, cata o que quer e depois lá fora, doura ainda mais a pílula, se faz de tutor e lucra com as vendas de suas reciclagens. Hipocrisia… essa é a melhor palavra para definir esses falsos moralistas. Quero dizer mais uma coisa: ladrão não é só aquele que rouba um carro inteiro, mas também aquele que leva um só pneu. No mundo digital todos nós ainda somos pirata.

Desabafos a parte, vamos ao que interessa. Japoneses, americanos… todos a postos! Aqui vai mais um automóvel da década de 50, quer dizer, mais um álbum raro e esquecido.
Hoje temos uma seleção musical feita pelo compositor e ‘disc-jockey’ Haroldo Eiras. Em virtude de sua consagração e premiação como o melhor apresentador musical do rádio em 1955, a Sinter o convidou para esta seleção, interpretada pela cantora Neuza Maria e o pianista Leal Brito (o Britinho). Embora no texto da contracapa nos seja apresentado um disco inédito, me pareceu que essas gravações foram recolhidas de outros discos, tanto de Neuza quanto de Britinho. Alguém saberia esclarecer?

a voz do morro
siga
paraquedista
porque voltei
última canção
pois é
peixe fisgado
adeus querida