Mário Gennari Filho – Seu Acordeon E Ritmo – Hum…Mmmmm.. É Bom Dançar (1960)

Hoje eu estou trazendo aqui dois lps que tem algumas coisas em comum. São álbuns supostamente da mesma época, gênero dançante e uma capa com tudo a ver. Outro detalhe é a total falta de informação sobre os discos. Neste do Mário Gennari, não consta data e nem em sua discografia. Estranho… Alguém aí tem alguma informação?
Estou ouvindo este álbum pela primeira vez. Um disco fino, que vai agradar. Traz um repertório de qualidade, somado a um estilo cativante. Mário Gennari Filho foi um dos maiores nomes no acordeon no Brasil. Fez muito sucesso na década de 50, recebendo vários prêmios como instrumentista. Melhor mesmo é ouvir, né? Vamos nessa, também estou descobrindo agora…

menina moça
meditação
amor, amor…
rico vacilon
e daí? (proibição inútil e ilegal)
a felicidade
trumpet cha cha cha
cubanancan
oorvalho vem caindo
ouça
acercate más
tu me acostumbraste

Solistas Populares (1957)

Na dobradinha da noite, aqui vai mais um disquinho bacana. Uma seleção da Odeon para seus artistas instrumentistas. Uma pequena coletânea para adoçar a boca, lançada possivelmente em 1957. Fazem parte deste lp os seguintes artistas e músicas na ordem das faixas:
Carolina Cardoso de Menezes (piano) – uma farra em campo grande
Roberto Ferri (solovox) – ho!
Mário Gennari Filho (acordeon) – baía com h
Portinho (sax alto) – folhas soltas
Garoto (banjo) – polquinha sapeca
Raul de Barros (trombone) – amanhecendo
Garoto (guitarra) – choro triste
Aimê Vereck (ocarina) – maquininha