Compactos – Nerinho Silva (1967) – Noel Carlos (1970) – Rubem Gerardi (1970) – Nilza Pelegrino, Maria Aparecida e Carmem Vilar (1963)

E aí vai, para os amigos cultos, ocultos e associados do nosso Toque Musical, mais um lote de compactos, tipo da postagem sempre bem acolhida por vocês. Hoje temos quatro raríssimos tesouros de sete polegadas, para a alegria dos colecionadores.Pra começar, um compacto duplo do selo Guarani, que pertencia à editora musical Mangione, sem ano exato de lançamento conhecido e de cunho carnavalesco. Aqui, temos intérpretes não lá muito famosas, porém com ótimas qualidades vocais. No lado A, Nilza Pelegrino interpreta duas composições de Moacyr Garrafa, a marcha-rancho “Lembranças do passado” e o samba “Crueldade”, esta de parceria com Roberto Ybraim. No lado B, temos Maria Aparecida interpretando o samba “Pesadelo”, de Talvi Villaró, Vicente Rodrigues e Oswaldo Mendes, e, para encerrar, Cármen Vilar nos traz a marchinha “O embalo”, também de Talvi Villaró, desta vez sem parceiro. Carioca de Vila Isabel, Nerino (Teodoro da) Silva (1920-1979) radicou-se em São Paulo, estreando em disco pela RGE, em 1957, passando depois por várias outras companhias. Aqui o TM oferece um compacto simples da RCA Victor de 1967, no qual ele interpreta dois clássicos de nossa música popular:  de um lado, o samba “Laranja madura”, do mestre Ataulfo Alves, e, de outro, “Súplica cearense”, originalmente toada-baião e aqui samba-canção, de autoria de Gordurinha e Nelinho (no selo aparece como parceiro um certo Manoel Ávila Peixoto). As duas faixas apareceram mais tarde no LP “Deixe comigo”, que encerra justamente com “Súplica cearense” e é considerado o trabalho mais conhecido de Nerino Silva em disco. Em seguida, mais carnaval, agora com Noel Carlos, apresentando um single Copacabana de 1970, para a folia de 71. Ele canta duas marchinhas que fez em parceria com João Roberto Kelly e Elzo Augusto, “Meu bem, sai da fossa (Tobogã)” e “Deixa pro ano que vem (Neném)”. Para encerrar, Rubem Gerardi em mais um single da Copacabana para o carnaval de 1971, interpretando dois sambas, “Os galhos da velha mangueira”, de Djalma da Mangueira e Orlando Gazzaneo, e “Trata da sua vida”, do próprio Gerardi em parceria com F. Conceição e A. Pereira.  Autênticos e raros tesouros musicais que o TM possui a satisfação de oferecer a vocês. Aproveitem

lembrança do passado – nilza pelegrino
crueldade – nilza pelegrino
pesadelo – maria aparecida
o embalo – carmem vilar
súplica cearense – nerino silva
laranja madura – nerino silva
deixa pro ano que vem – noel carlos
meu bem sai da fossa – noel carlos
os galhos da velha mangueira – rubem gerardi
trata da sua vida – rubem gerardi
*Texto de Samuel Machado Filho
.

Nerino Silva (1974)

Olá meus prezados amigos cultos, ocultos e associados! Hoje eu acordei querendo ouvir samba, aliás, acordei pensando em fazer desta próxima semana um festival de sambas. Tá na hora de botar a cuíca e o pandeiro nesse pagode.

Tenho aqui para vocês o Nerino Silva, cantor e compositor carioca, que ficou conhecido principalmente pela interpretação de “Súplica Cearense”, de Gordurinha e Nelinho. Neste lp, lançado em 1974 pelo selo AMC / Beverly, da Copacabana, ele regrava a música e traz também composições suas em parcerias, com o ótimo samba, “Tio Pedro”, que abre o disco. Há outras, entre as quais é bom destacar, “Ela me beijou”, de Herivelto Martins e Arthur Costa, “Alô Bahia”, de Wando e “Retrato de uma cidade”, de J. Costa e Bráulio de Castro. As regências e os arranjos são do maestro Waldemiro Lemke, que dão ao trabalho uma moldada, sem tirar, é claro, a essência de samba. Lamentavelmente a gravação não está muito boa, por conta da qualidade do disco. Literalmente, bem sambado 🙁 Mesmo assim, vale dar uma conferida 😉
tio pedro
pranto é sempre pranto
retrato de uma cidade
súplica cearence
não sambei nada
alô bahia
cada um na sua
até logo meu amor
no balanço da peneira
ela me beijou
surra de amor
hoi – ti