Turma Da Bossa – Sambas De Bossa Nova (1959)

Boa noite, meus prezados amigos cultos, ocultos e associados! Depois que nos transferimos para um espaço independente, eu acabei deixando meio de lado a programação tradicional do blog. Hoje, por exemplo, seria o dia de coletâneas, mas confesso, nem lembrei. Vamos ver se a partir da próxima semana eu consigo voltar ao velho esquema.

Hoje eu tenho para vocês este interessantíssimo álbum, lançado pela Musidisc, logo nos primeiros sussurros da Bossa Nova. Nilo Sérgio, sempre um passo a frente, foi logo tratando de por a Musidisc na linha de frente da nova onda. Naquele momento, Bossa Nova era ainda uma espécie de jargão, um termo para definir um tipo de samba que estava nascendo. Por certo, metade das músicas deste disco viriam a se tornar clássicos da Bossa Nova. A outra metade é também de sambas clássicos, porém dos antigos. O lp, apesar de toda bossa, ainda estava longe do conceito moderno ‘Bossa Nova’. Ainda carrega em sua produção e arranjos aquele mesmo jeitinho tradicional. Pena, apesar de todo o cuidado e qualidade, a gravadora não informar no álbum a ficha técnica. Mesmo assim, não deixa de ser um excelente disco e merece em muito a nossa atenção.

chega de saudade

lamento

vai, mas vai mesmo

não vou pra Brasília

mocinho bonito

é luxo só

se acaso você chegasse

recado

barracão

com que roupa