Boas Festas – Compacto (196…)

Prezados amigos cultos e ocultos, vamos nos aproximando do Natal e da festa de Ano Novo. Naturalmente, eu não iria deixar as datas passarem em branco, embora o branco seja a cor que mais precisamos, pois ela nos remete a pureza, a paz, ao inicio de tudo. Para este ano, e não muito encima da hora, postarei aqui apenas dois discos, afinal, repertório de Natal é quase sempre a mesma coisa e aqui o que nos interessa é também conhecer esses fonogramas e os velhos e esquecidos discos de Natal. Sendo assim, para hoje eu trago este compacto duplo, com quatro faixas. Um disquinho o qual eu suponho, seja apenas promocional, um brinde de alguma empresa para um fim de ano da década de 60. Infelizmente o disquinho não traz informações dos intérpretes, mas nos deixa algumas pistas e eu me arrisco em dizer que seja o Ed Lincoln, pelo estilo e proximidade com o repertório. Disquinho muito interessante, vale a pena dar uma conferida. Vai nessa que ainda dá tempo de tocar esse som nas suas festas de Natal. 🙂
jingle bells
e nasceu jesus
noite silenciosa
boas festas
.

Orquestra Sonora La Habanera – Jingle Bells (1969)

Boa noite amigos cultos e ocultos. Confesso que hoje o astral por aqui não está nada bem. O Galão fez a proeza de perder logo de cara, afastando de vez o sonho atleticano de ser campeão. A cidade está tão arrazada que até abafou a gozação das ‘marias’. Eu, por aqui, quase desisti de fazer esta postagem, mas por fim achei melhor me focar naquilo que realmente é um grande prazer, música e discos. Bola pra frente!
Continuando as postagens natalinas, aqui vai mais um… Orquestra Sonora La Habanera. Eis aí uma orquestra sobre a qual eu não achei nenhuma referência e a julgar pelos detalhes da capa e também pelo seu repertório, presumo que seja alguma daquelas orquestras famosas da época, que aqui se traveste de Papai Noel para brindar seus ouvintes com temas natalinos. O álbum foi lançado em 1969 pela RCA e traz em seu diferencial os arranjos que dão às músicas, geralmente melancólicas, um tom mais alegre e vibrante. Xô, tristeza! 2014 já está chegando aí!

jingle bells
o tannebaum
greensleves
santa mouse
the christmas song
adeste fideles
white christmas
boas festas
my favorite things
have yourself a little merry christmas
holy night, silent night
ave maria
.

Altamiro Carrilho E Sua Bandinha – Natal (1959)

Olá meus prezados amigos cultos e ocultos! Como disse, vamos ao longo do mês postando alguns discos de  natal. Desta vez, trago para vocês o “Natal” de Altamiro Carilho e sua Bandinha. Disco gravado para o Natal de 59. No repertório temos aquela clássica seleção, que muda aqui e ali, mas vai sempre nas mesmas. Mas isso não quer dizer que seja ruim. Muito pelo contrário. É bom ouvir diferentes interpretações de uma música. E no pique natalino todas, mesmo se repetindo, são sempre muito bem vindas. Eu pessoalmente adoro este disco do Altamiro, principalmente por conta da belíssima capa, cuja a imagem ficou marcada na minha memória (e já naquela época eu achava este disco velho, ora vejam vocês!).

jingle bells
o tannenbaum
saudade de papai noel
lapinha de jerusalem
boas festas
lá vem papai noel
natal das crianças
natal branco
noite silenciosa
o velhinho
24 de dezembro
.

Os Santos – Natal Jovem (1968)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! E o tempo passa e eu nem me dei conta de que já estamos no mês de Natal. Tradicionalmente, nesta época, o Toque Musical sempre apresenta aqui aqueles discos que fizeram a trilha natalina, seja dos anos 50, 60, 70 e quem sabe, até dos anos mais recentes, muito embora esses tipos de discos e músicas, nos dias atuais, parece não despertar mais interesse de produtore$ e muito menos de gravadora$. O público, por certo, continuará amando e relembrando velhos natais. Ainda bem que nessas horas existe o Toque Musical e por trás dele, aqui, o velho Augusto TM, que mesmo cansado da indiferença e de uma participação mais efetiva (e afetiva) dos prezados amigos cultos e ocultos, continua dando os seus toques musicais.
Neste mês natalino eu vou procurar fazer diferente, antecipando as trilhas para não ficarem para a última hora. Senão, nem dá tempo de curtir o Natal dentro do seu tempo. Farei assim algumas postagens ao longo do mês, fechando tudo no Natal, ok?
Segue então o primeiro… Temos aqui o conjunto Os Santos, um grupo pop da época da Jovem Guarda. Semelhantes ao grupo, também da mesma época, o The Pop’s, Os Santos também colaboraram fonograficamente para trilharem o Natal. Este disco foi lançado para o Natal de 68, uma produção de Oswaldo Cadaxo, através de seu selo Equipe. Diferente de outros lançamentos natalinos, este álbum se propunha a mostrar uma versão mais moderna, ditada pelos jovens da época. De uma certa forma, um disco de natal para jovens :), tocado por um conjunto pop-rock-jovem-guarda-mora!. Contudo, ainda temos um repertório muito legal, onde Os Santos não ficam apenas no mesmo ‘arroz com feijão’, com aquelas musiquinhas já bem manjadas. Eles procuraram também valorizar a composição nacional, artistas e criadores como Assis Valente, Blecaute, Orlan Divo, René Bittencourt e outros mais, são alguns dos autores dessas músicas que já se tornaram verdadeiros clássicos do Natal.

white christmas
noite silenciosa
boas festas
naltal das crianças
o velhinho
natal de jesus
gingle bells
nasceu jesus
natal sem você
foi uma noite clara
noturno
é noite de natal
.