Pery Ribeiro E Bossa Três – Encontro (1966)

Boa noite de sábado para todos, amigos cultos e ocultos! Marcando o toque do dia, aqui vai mais um daqueles discos essencias, que não poderia falta aqui no Toque Musical. Temos aqui o “Encontro”, album gravado em 1966 por Pery Ribeiro e o Bossa 3. Como escreveu João Theodoro Meirelles, também um dos responsáveis por este trabalho (direção musical e orquestração), a ideia deste ‘encontro’ surgiu durante as apresentações do “Show Gemini V”, com o Bossa 3, Pery e Leny Andrade, na boate Porão 73, em 1965, no Rio de Janeiro. “Encontro” traz praticamente quase o mesmo repertório do show, contudo, encrementado com a orquestra do Meirelles. Quem ainda não ouviu, façam-me o favor…

amanhã
a mesma canção
o canto de ossanha
samba do dom natural
olê olá
tristeza
joão do trem
samba da pergunta
tempo feliz
despedida de mangueira
recado ao pé doberço
se o carro parar
.

Hebe Camargo – Hebe Comanda O Espetáculo (1961)

Boa noite, amigos cultos e ocultos! Eu reservei para hoje, sábado a noite, um encontro de vocês com a Hebe Camargo. Olha aí, que programa legal! Vai ficar em casa? Então se junte a essa turma que ela traz para o seu sofá.
Temos aqui um curioso disco da Odeon, lançado em 1961 pela Odeon. Já nessa época a Hebe fazia sucesso como apresentadora. A cantora já tinha até o seu sofá, onde recebia os ilustres artistas. Foi nessa onda que a gravadora resolveu lançar este disco no qual a cantora nos apresenta alguns artistas, obviamente, do seu ‘cast’. Como se pode ver pela divertida capa, temos a Hebe Camargo ao lado de Isaura Garcia, Walter Wanderley, Francisco Egydio, Osny Silva, Pery Ribeiro, Germano Mathias, Celly e Tony Campello. Cada qual em seu momento apresenta uma música, sendo essas faixas extraídas de seus álbuns, na época. De original aqui, creio, só mesmo o diálogo entre os artistas, dando a parecer como no programa de televisão.

cantiga de quem está só – pery ribeiro
faz-me rir – hebe camargo
quem quiser encontrar o amor – walter wanderley
desse amor melhor – hebe camargo
canário – celly e tony campello
no domingo não – hebe camargo
só em teus braços – isaura garcia
são francisco – hebe camargo
maria rosa – francisco egydio
eu tenho adoração pelos meus olhos – hebe camargo
bonitona do 1. andar – germano mathias
el dia em que me queiras – osny silva e hebe camargo
.

Pery Ribeiro – Apaixonadamente Na Memória (2012)

Boa tarde, amigos cultos e ocultos! Eu estava pensando em manter neste fim de semana a postagens de discos mais recentes, algo mais ligado ao pop/rock nacional. Porém fui surpreendido com a triste notícia da morte do Pery Ribeiro. Deixei de lado as guitarras para prestar aqui a minha homenagem ao grande intérprete da nossa MPB. Acredito que muitos devem estar pesarosos, assim como eu. Embora eu poucas vezes tenha postado alguma coisa do Pery, sempre tive por ele uma grande admiração. Pery Ribeiro foi um cantor que marcou por diversas razões. Filho de dois outros grandes monstros sagrados da música brasileira, Herivelto Martins e Dalva de Oliveira, não podia ser outra coisa senão um artista, de muito talento é bom dizer. Foi o primeiro intérprete de “Garota de Ipanema”, assim como também na Bossa Nova, foi quem estreou diversos ‘hits’, principalmente de Menescal e Boscoli. Pery foi um artista que sempre cantou o amor e a paixão. Não foi por acaso ou para rimar que Caetano Veloso cita o artista em uma de suas músicas: “…apaixonadamente como o Pery”. E foi lembrando dessa frase que eu me inspirei no título desta coletânea que montei e agora apresento a vocês. São 41 músicas que ilustram um pouco o trabalho do artista. Selecionei algumas das que eu mais gosto e que se destacaram e sua carreira. Lamentável essa perda e o pior é que não tem ninguém para ocupar o seu lugar. Vai fazer muita falta. Mas agora ele está no Céu, cantando ao lado dos pais e dos grandes amigos. Obrigado, Pery!

manhã (com o bossa três)
bola de meia, bola de gude – novo tempo
indecisão (com luiz eça)
samba do dom natural (com o bossa três)
manhã de carnaval
só quero você
eu gosto da vida
de volta
palmeira triste
de onde vens (com luiz eça)
oferenda (com luiz eça)
tristeza (com o bossa três)
canto de ossanha (com o bossa três)
noves fora nada
samba de orfeu
sangrando – ponto de interrogação
quero quero – cheiro de mato
saudosa mangueira
lamento da lavadeira
diariamente
alvorada
segredo
caminhemos
evolução
nós e o mar
rio
bossa na praia
se pelo menos você fosse minha
lamento negro
me lembro vagamente
garota de ipanema
só nos resta viver – meu amigo, meu herói
canção que morre no ar (com luiz eça)
bandeira branca
aruanda
laura
segredo (com dalva de oliveira)
ave maria (com dalva de oliveira)
ave maria do morro (herivelto martins)
réquiem

Pery Ribeiro, Leny Andrade & Bossa 3 – Gemini V (1965) REPOST

Pronto, aqui vamos com a rapadura (ups!), quero dizer, com a postagem do dia (embora seja a noite). Este disco eu não ia postar, mas devido a falta de tempo, tive que apelar para os meus, já famosos, “álbuns de gaveta”. Quando se trata de Bossa Nova, fica difícil achar alguma coisa que nosso amigo Zeca Loro já não tenha nos apresentado. De qualquer forma, vai aqui a minha versão. Vamos nessa bossa para não ficar na fossa…
Um grande disco que registra ao vivo as performaces de Pery Ribeiro, Leny Andrade e o Bossa Três em show idealizado e dirigido por Ronaldo Boscoli e Carlos Mieli. O espetáculo foi um tremendo sucesso que entre outras rendeu este disco, verdadeiramente memorável. Quem ainda não conhece, sugiro fazê-lo. Gostoso como um torrão de rapadura. :)))

1- o astronauta / só tinha de ser com você / rio de sol maior / rio / coisas do dia /
estamos aí / feitinho pro poeta / garota de ipanema
2- você e eu / preciso aprender a ser só / consolação / amor em paz / a felicidade/
marcha da quarta-feira de cinzas / o sol nascerá
3- nanã
4- de manhã
5- deus brasileiro
6- só saudade
7- por quem morreu de amor
8- rio de sol maior / rio / coisas do dia / estamos aí /
feitinho pro poeta / garota de ipanema