EMB – Enciclopedia Da Música Brasileira – Erudita Folclórica Popular (1978)

Muito bom dia, amigos cultos e ocultos! Espero que estejam todos seguindo a linha do bom senso, FIQUE EM CASA! Aproveitem o tempo para ler, ouvir música, colocar em dia aquilo que tem sempre sido adiado. Certamente não há de falta coisas boas para se fazer.
E falando em coisas boas, uma boa dica pode ser a EMB – Enciclopédia da Música Brasileira – Erudita, Folclórica, Popular. Como leitura vocês poderão encontrar para comprar o livro do pesquisador Marco Antônio Marcondes, lançado em 1977. É dele este importante trabalho que nos serve de guia, assim como outros, quando buscamos informações precisas sobre um determinado item histórico sobre a música brasileira. E como parte dessa sua produção tem também este box com dois lps, lançados em 1978, que já é mais difícil de achar e por isso mesmo está aqui, no Toque Musical. Nele temos dois lps nos quais são apresentados, no primeiro, de 77, um pouco da nossa música folclórica, de raízes regionais/sertaneja e no segundo disco, de 78, temos o grande violonista Toquinho (com violão de emprestado por Tom Jobim, segundo nota na ficha técnica) interpretando obras de Villa Lobos e também chorinhos diversos, que representaria aqui o popular. Sem dúvida um trabalho fonográfico interessantíssimo e raro de se ter e ouvir. Creio que talvez poucos o conheçam. Eis aqui a oportunidade. Não deixem de conferir no nosso GTM.

astúcia de negro velho – cornélio pires
jorginho do sertão – cornélio pires
no mourão da porteira – raul torres e florêncio
horóscopo – alvarenga e ranchinho
canoeiro – tonico e tinoco
guarânia da lua nova – cascatinha e inhana
ciriema – irmãs castro
cochilou cachimbo cai – tião carreiro e pardinho
cavalo preto – palmeira e luizinho
sarita – pedro bento e zé da estrada
chitãozinho e xororó – nonô e naná
nova flor – bia e dino franco
caminho do céu – caçula e marinheiro
suite popular brasileira, de villa lobos – toquinho:
mazurca
schottich
valsa
gavotta
chorinho
gracioso, de garoto
interrogando, de joão pernambuco
brasilliance, de laurindo de almeida
choro da saudade, de agustin barrios

 

O Raro Villa-Lobos (2004)

Olá, amigos cultos e ocultos! O Toque Musical apresenta hoje uma raridade já da era do CD. Trata-se de um disco lançado em 2004, reunindo obras inéditas de Heitor Villa-Lobos (Rio de Janeiro, 5/3/1887-idem, 17/11/1959), indiscutivelmente o maior expoente da música erudita no Brasil e na América do Sul. O CD foi gravado ao vivo pela Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência do maestro e também compositor Silvio Barbato. Mineiro de Candeias, nascido em 11 de maio de 1959, Barbato desapareceu tragicamente no dia primeiro de junho de 2009, durante o voo 447 da Air France. O avião caiu no mar quando ia do Rio de Janeiro para Kiev, na Ucrânia (com conexão em Paris), onde o maestro iria fazer uma palestra sobre música russa e música brasileira, e apresentar sua ópera “Carlos Chagas” em versão integral. O encarte do disco traz informações sobre as peças incluídas e sua execução. Em suma, é um documento de inestimável valor histórico que o TM traz até nós, fazendo uma dupla homenagem, a Villa-Lobos e a Silvio Barbato. Vale conferir.

élégie
naufrágio de kleônicos
sinfoneta n.2 
odisseia de uma raça
suite for chamber orchestra


*Texto de Samuel Machado Filho