Astor Silva E Oswaldo Borba – Metais Em Brasa No Samba (1962)

Olá amigos cultos e ocultos! Demorei, mas cheguei… Cheguei mas já estou saindo. Vim apenas bater o ponto e correr para um outro. Estou trazendo para a nossa postagem um disco bem bacana, que agrada logo de primeira. “Metais em Brasa no Samba” foi uma produção da Companhia Brasileira de Discos, através de seu recém inaugurado selo Philips. A gravadora lançou este disco se aproveitando do ‘gancho’ de sucesso de uma série internacional, lançada originalmente pela orquestra do americano Henry Jerome. Segundo informações que colhi em uma comunidade no Orkut, Henry Jerome realmente existiu. (E eu que pensava que fosse esse mais uma criação da indústria fonográfica ou um pseudônimo para álbuns de orquestras que tocavam temas populares de sucesso). Henry Jerome, com sua orquestra de metais fez história, pelo menos em discos. Lançou diversos álbuns mundo a fora, intitulados “Metais em Brasa”. O sucesso da fórmula foi tamanho que chegou a ser copiado, utilizando inclusive no termo.

Foi pegando essa carona que a CBD/Philips lançou o seu “Metais em Brasa no Samba”, uma produção que contou com a orquestra de Oswaldo Borba e arranjos de Astor Silva. Aqui encontraremos um repertório de sambas clássicos, como por exemplo os de Dorival Caymmi e também o, então samba novo, que surgia através de Antonio Carlos Jobim e outros da turma da Bossa Nova. O disco fez muito sucesso com certeza, a ponto da gravadora no ano seguinte lançar outro, o “Metais em Brasa na Bossa Nova“, álbum, este, já postado aqui. Não deixem de conferir!
samba de uma nota só
brasiliana nº1
chega de saudade
arrasta a sandália
chora tua tristeza
o que que a baiana tem
samba da minha terra
palhaçada
minha palhoça
a felicidade
menina moça
maracangalha