Wauke – Onda (1987)

Olá amiguinhos cultos e ocultos, boa noite! Nosso encontro hoje é com a música de Tom Jobim, através da interpretação de Wauke, um artista de rara sensibilidade. Cantor, compositor, produtor, escritor e também astrólogo. Wauke, na verdade é Carlos Walker, músico carioca que ganhou destaque com a música “Alfazema”, que fez parte da trilha sonora de uma novela da Rede Globo, em 1975 e consequentemente nesse mesmo ano lança seu primeiro disco, o cultuado “A Frauta de Pã” pela RCA. Este disco, inclusive, nós já postamos aqui no Toque Musical. Agora nosso artista volta assinando como Wauke e neste álbum, de 1987, lançado pelo selo 3M, ele nos presenteia com uma seleção, certamente escolhida a dedo, de dez canções de Antonio Carlos Jobim. Quando digo presenteia não é atoa. Temos aqui um repertório finíssimo de um dos maiores compositores brasileiros, um intérprete apaixonado, dono de uma voz super agradável, quase feminina, mas que em nada soa como falsete. Somado a tudo isso temos um time de músicos também de primeiríssima, oque garante ao artista a segurança na releitura de obras tão conhecidas. E Wauke o faz com competência, sem parecer o que fatalmente acontece nesses casos, mais uma versão. Bom, não deixa de ser uma versão, mas cheia de personalidade. Vale a pena conferir essa “Onda”.

wave

vivo sonhando

o nosso amor

falando de amor

espelho das águas

pois é

águas de março

chora coração

.

Classe A – RCA Victor Coletânea (1975)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Se tem uma coisa que eu sempre gostei foi de coletâneas. Eram através delas que a gente  podia degustar diversos artistas de uma determinada gravadora. Uma forma de levar ao público os diferentes artistas, misturando os ‘medalhões’ com aqueles ainda pouco conhecidos. O difícil era achar uma coletânea realmente fina, com artistas e repertório de qualidade. Nesse sentido, a RCA sempre brilhou. Acho que talvez até pela qualidade de seu ‘cast’. Em 1975 a gravadora lançou esta coletânea com alguns de seus mais destacados artistas. Acho que nem preciso falar muito, só pela capa se pode ver que o grupo é seleto, só música bacana, sucessos de uma época onde ainda se fazia boa música. Este é mais dos muitos bons presentes oferecidos pelo amigo Fáres, a quem mais uma vez eu agradeço. E vamos nessa que a coisa é boa. Aguardo vocês no GTM 😉

bodas de prata – joão bosco
diacho de dor – maria creuza e antonio carlos & jocafi
pote de mel – carlos walker
jogo da vida – tamba trio
ligia – lucio alves
chega – ivan lins
disritimia – martinho da vila
meia noite – antonio carlos & jocafi
tristeza chama tristeza – eliana pittman
se alguém telefonar – milton carlos
massa falida – cesar costa filho
flicts – sergio ricardo
.

Carlos Walker – Frauta De Pã (1975)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Entramos em dezembro, a reta final para o fim de ano. Eu, de cá, já comecei a preparar a casa, digo, o blog para começarmos 2012 com mais vitalidade, uns retoques aqui, outros ali… novos projetos, ideias e parcerias. Continuamos bombando, sempre! Como vocês devem ter percebido, as mudanças já começaram. Aliás, essas mudanças começaram desde de aquele fatídico dia de setembro, em que o Toque Musical foi tirado da rede. Posso dizer que a partir de então começamos um novo blog. No cabeçalho tradicional de fim de ano eu também inovei, incluí nossa nova meta, o “Grand Record Brazil”, o selo virtual do TM, que contará em suas postagens semanais com um verdadeiro conhecedor da história fonográfica e musical brasileira, nosso já conhecido comentarista, o Samuca. 2012 promete!

Para hoje, vamos com um disco muito bacana, “Frauta de Pã”, do músico, escritor (e astrólogo) Carlos Walker. Ele começou a cantar no final dos anos 60, através de festivais. Em 1974 teve sua música, “Alfazema”, incluída em uma novela da Rede Globo. A música fez um relativo sucesso e contava com arranjos de Waltel Branco. Essa música abriu a chance de Walker gravar pela RCA Victor o primeiro lp, este, chamado “Frauta de Pã”. Neste álbum ele conta com um elenco de primeiríssima: João Bosco, Hélio Delmiro, Piry Reis, Gilson Peranzetta, Zé Roberto Bertrami e outros… Há também os arranjadores, Radamés Gnatalli, Alberto Arantes e Laércio de Freitas. Com um time desses, difícil alguém dizer que o disco é ruim, muito pelo contrário.

Nesta postagem e num pacote só estão incluídos o lp e o compacto, assim vocês poderão comparar as duas versões da bela “Alfazema”. Confiram o toque 😉
a frauta de pã
serenata do meio dia
estrada da intemperança
pote de mel
via láctea
cidade americana
o cavaleiro e os moinhos
modinha
debaixo do sol
um dia
alfazema
Bonus compacto:
alfazema
dizem