Djalma Ferreira E Seus Milionários Do Ritmo – Drink (1958)

Muito bom dia a todos, amigos cultos e ocultos! Seguimos aqui com mais um disco de Djalma Ferreira e Seus Milionários do Ritmo. Como já sabem, lançados pelo selo Drink, criado pelo próprio músico e empresário. Já tivemos a oportunidade de postar aqui um desses discos e também outros lps de Djalma, que de certa forma são relançamentos e coletâneas extraídas desta série, de sua produção. A Drink era uma famosa boate dos anos 50, também de Djalma Ferreira, onde ele e seu conjunto se apresentavam. Foi também o nome do selo/editora, que ele também produziu e ao que parece, somente para o lançamento de seus próprios discos. Essas produções sempre foram sofisticadas e luxuosas, tanto no registro, gravações, como na apresentação, onde os álbuns traziam um diferencial, com capas triplas, ou num modelo original em que se abre como um autêntico álbum. Coisa bem parecida com as produções de Nilo Sérgio e seu selo Nilser. É luxo só! 
Muito bem, para ganhar tempo, repeti a mesma introdução que fiz para o disco anterior. Aliás, eu devia ter postado este disco antes do outro, pois, na verdade, este é o primeiro. Lançado em 1958, foi o álbum que deu origem a série de, pelo menos, quatro luxuosos lps de capa dupla. Neste disco vamos encontrar um repertório bem conhecido deste público, em especial, os frequentadores da lendária boate Drink. São temas quase todos nacionais e autorais, onde por certo se destacam os sambas. Vamos conferir no GTM…
 
lady be good
tea for two
samba do drink
bicharada
solovox blues
se todos fossem iguais a você
lamento
concerto de outono
organizando
carnaval
mulata assanhada
você não quer nem eu
 
 
.
 

Djalma Ferreira E Seus Milionários Do Ritmo – Drink No Rio De Janeiro (1959)

Muito bom dia a todos, amigos cultos e ocultos! Entre os muitos discos que recebi de doação nos últimos tempos veio uma série de álbuns do Djalma Ferreira e seu conjunto Milionários do Ritmo. Discos originais, lançados pelo selo Drink, criado pelo próprio músico e empresário. Já tivemos a oportunidade de postar aqui um desses discos e também outros lps de Djalma, que de certa forma são relançamentos e coletâneas extraídas desta série, de sua produção. A Drink era uma famosa boate dos anos 50, também de Djalma Ferreira, onde ele e seu conjunto se apresentavam. Foi também o nome do selo/editora, que ele também produziu e ao que parece, somente para o lançamento de seus próprios discos. Essas produções sempre foram sofisticadas e luxuosas, tanto no registro, gravações, como na apresentação, onde os álbuns traziam um diferencial, com capas triplas, ou num modelo original em que se abre como um autêntico álbum. Coisa bem parecida com as produções de Nilo Sérgio e seu selo Nilser. É luxo só! E aqui, então, temos o lp “Drink no Rio de Janeiro”, lançado em 1959. Neste lp Djalma vem acompanhado pelos Milionários do Ritmo cuja a formação neste disco trazia um timaço de músicos com Waltel Branco, Araken Peixoto, Ed Lincoln, Plínio, Amaury, Brito e Miltinho no vocal. No repertório uma boa série de sambas que dá a este disco uma autenticidade verdadeiramente nacional. Confiram…
 
fala amor
cheiro de saudade
café brasil
recado
samba no drink
carnaval
zé marmita
pot pourri de sambas
devaneio
destinos
 
 
.