Sergio Mendes – The Swinger From Rio (1966)

Boa noite, amigos cultos e ocultos! Sem delongas… Hoje temos um clássico que faltava, The Swinger From Rio, do Sérgio Mendes, álbum lançado nos EUA em 1966 pela Atlantic. Sem a menor dúvida, um dos melhores discos de Bossa Nova produzidos lá fora. E para não deixar por menos, tem ainda a participação do peixe grande, o genial Antonio Carlos Jobim. Falar mais sobre esse disco é chover na roseira, quer dizer, chover no molhado. Imperdível

maria moita
sambinha bossa nova
batida diferente
só danço samba
pau brazil
the girl from ipanema
useless panorama
the dreamer
primavera
consolação
favela


.

João Gilberto – The Boss Of Bossa Nova (1962) REPOST

Pronto! Fui votei e voltei 🙂 No caminho fiquei pensando na tremenda sacanagem que fiz com vocês postando jingles dos políticos. Isso para não falar do Tiririca, que nessa entrou de gaiato. Sinceramente, vamos falar de brasileiros de verdade. Gente que realmente fez e faz pelo Brasil. Prefiro falar de música e de João Gilberto. Acho que só ele é capaz de formatar o meu domingo.
Tenho aqui um presente, uma colaboração do amigo Chris. Na verdade, nem era exatamente para ser publicado no blog, mas como eu disse, hoje só mesmo o João para me tirar essa sensação de engano (será que eu votei bem?).
Vamos com o álbum internacional “The Boss Of Bossa Nova”, lançado em 1962. Este foi o segundo álbum gravado por João Gilberto nos Estados Unidos. Nele temos o artista acompanhado, em algumas faixas, por Walter Wanderley e seu conjunto. Da mesma forma temos os arranjos, feitos por Antonio Carlos Jobim. Este álbum, embora seja daqueles que nunca envelhecem, é de uma certa maneira difícil de se ver por aí. Discão!
Acho que com esta postagem eu salvei o dia. Meu melhor voto é para a sensibilidade 😉

bolinha de papel
samba da minha terra
saudade da bahia
o barquinho
a primeira vez
amor em paz
eu e você
insensatez
trenzinho
presente de natal
coisa mais linda
este seu olhar

PS.: VAI LÁ EM CASA OUVIR ESTE DISCO, EU FAÇO UMA CÓPIA PARA VOCÊ!