Papete – Berimbau E Percussão (1975)

Ontem aconteceu uma coisa curiosa. Uma bobagem, claro, mas que eu tomo sempre como uma espécie de sinalização. Por umas três vezes no dia, discos do selo Marcus Pereira estiveram me rondando. Pela manhã ganhei os dois discos do Cartola em cd, lançados pelo selo. A tarde foi a vez do Chico Maranhão em seu primeiro lp. Uma raridade que me foi enviada como colaboração pelo amigo 300 (Discos Importantes) para uma futura postagem. E para finalizar, a noite, me chega este disco do Papete. Eu havia vendido este álbum para um amigo e já há algum tempo venho pedindo a ele que me enviasse uma cópia, visto que na época da venda, não me preocupei com isso. Ele, enfim, enviou, mas para variar esqueceu de incluir os selos (gosto do serviço completo!). Mesmo assim, eu achei por bem postá-lo de uma vez, afinal eu ainda não vi este disco em outras fontes e é mesmo um trabalho que vale a pena o nosso toque musical.
Lançado por Marcus Pereira em 1975, “Berimbau e Percussão” foi o primeiro disco do maranhense José Ribamar, mais conhecido como “Papete”. Este álbum também pode ser entendido como sendo de Théo de Barros. Boa parte das músicas são dele, assim como a direção artística, arranjos e participação em todas as faixas. De todo, o disco é muito bom e ao ouvi-lo a gente logo percebe o porque Papete merece este lp. Confiram…

a ova
ponto de caboclo sete flechas
igarapé
bumba meu boi
cachimbo
é assim que eu sou
berimbau
maracá