Osmar Milani – Baile Dos Estados (1959)

Olá amigos cultos e ocultos! Hoje o meu dia está curtíssimo, portanto preciso ser ainda mais breve. Apresento a vocês Osmar Milani e Sua Orquestra, em “Baile dos Estados”. Quem não se lembra dele nos programas do Silvio Santos? Ele era o maestro de confiança do Silvio e atuou ao seu lado por mais de trinta anos. Osmar também esteve com sua orquestra acompanhando cantores famosos como Orlando Silva, Vicente Celestino, Francisco Alves e Silvio Caldas. Trabalhou nas mais diversas emissoras de rádio e viu nascer e acompanhou o crescimento da televisão brasileira. Depois que ele largou o Silvio Santos, passou a se apresentar com sua orquestra em festas, bailes e show por todo o Brasil e alguns países da America do Sul.
O álbum que eu tenho aqui é de 1959, uma fase ainda dourada para as grandes orquestras e seus maestros. Lançado pela etiqueta Som, este lp é mais um daqueles álbuns (raridade total) da gravadora, onde a capa é forrada com um tecido, tipo pano de saco com a estampa aplicada em serigrafia. Acredito que neste conceito de capa eles foram os pioneiros. Não me lembro de nenhum outro disco da época, ou mesmo antes, com uma ideia tão original. O disco teve também uma segunda edição, com capa diferente, lançado no final dos anos 70 pelo selo Beverly.
Aqui no Toque Musical vocês poderão encontrar outro álbum no estilo, Odete Amaral e Cyro Monteiro Jr, “Do outro lado da vida”.
Em “Baile dos Estados” temos um repertório com temas variados, músicas nacionais e internacionais, obviamente, todas em ritmos dançantes. A qualidade do som está associada ao estado do disco, algumas boas, outras melhoradas na medida do meu toque musical. Vale a pena conferir… 😉

rancho fundo
chinchilla
piove
sede de anir
repouso para o trombone
um chorinho no parque são jorge
bikini
vagalume
boola
mine at last
trombone ginga
theme from ‘bell and candle’