Caetano Veloso – Compacto (1965)

Boa noite, amigos cultos e ocultos! Seguimos hoje com esse compacto nota 10, um disquinho especial, o primeiro registro do genial Caetano Veloso, aqui ainda com dois Ls. Certamente, trata-se de um disquinho já bem divulgado e hoje, mais ainda, na rede é que nem bolacha, em qualquer canto se acha. Mas isso só no formato digital, pois o compacto em si é hoje moeda forte. Tem maluco tentando vender o seu no Mercado Livre por quase 200 pratas. Mas Mercado Livre não deve servir de referencia para preço, ainda mais de vinil que até poucos anos atrás eram vendidos quase de graça. Hoje, com muita informação e fake news, dourar a pílula ficou mais fácil. E o que não falta é trouxa para comprar a joia. Aqui, o que importa é ter em nosso acervo digital um disco que é a cara do Toque Musical (putz, até rimou!) Deixo aqui também a minha gratidão a mais um bom amigo do TM, o Denys, que muito me ajudou no tratamento da capinha e selo. Valeu, brother! 🙂

samba em paz
cavaleiro

.

Guttemberg Guarabyra – So Tem Amor… (1973)

Boa tarde, amigos cultos e ocultos! Vejo que por conta das nossas postagens espaçadas, muitos acham que o barco aqui está a deriva. Me refiro especialmente ao nosso grupo, o GTM, onde por lá todos os inscritos podem usufruir dos links de postagens. Percebi que alguns do grupo andaram mudando a configuração para o recebimento automático dos links. Como é sabido e avisado, a participação neste grupo é de forma passiva, ou seja, ninguém pode postar nada, apenas ter acesso aos links de forma segura. Mas, infelizmente alguns não se dão por satisfeitos e acabam invadindo a área do administrador, alterando assim as configurações de participação. Eu já avisei aqui e volto a repetir, qualquer alteração nas configurações do grupo a pessoa pode ser banida e isso é feito automaticamente e sem o meu controle. Neste caso, para que a pessoa volte a fazer parte do grupo vai precisar de um novo e-mail, pois o que foi banido não volta mais. Peço que fiquem atentos e evitem essas alterações para que assim possamos manter o blog sempre funcionando direitinho, ok?
Hoje eu estou trazendo para vocês um compacto, um disquinho o qual já foi postado aqui anteriormente, mas sem a sua capa original. Agora, recentemente, consegui um exemplar completo e assim, volto novamente a postagem como manda o nosso figurino. Temos aqui o compacto promocional da Pepsi Cola cujo o jingle faz sucesso até hoje. Quem não se lembra dessa música? Ficou tão conhecida que acabou merecendo um disquinho, um compacto que tem também uma primeira versão para a música ‘Pássaro’. Embora o disquinho seja do Guttemberg Guarabyra, as duas faixas são da dupla Sá & Guarabyra. Disquinho raro e muito bom, vamos conferir?

só tem amor quem tem amor pra dar
pássaro

.

A Moreninha – Trilha Sonora Da Peça Teatral (1969)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Trago hoje para vocês este compacto bem raro da trilha musical da peça teatral “A Moreninha”, que conforme podemos ver na capa teve a sua estréia em 29 de dezembro de 1968 no Teatro Achieta de São Paulo, trazendo um grande elenco e tendo como protagonistas os atores Perry Sales e Marília Pêra. Essa peça foi uma comédia musical escrita por Miroel Silveira e Cláudio Petraglia adaptada a partir do romance escrito por Joaquim Manuel de Macedo. As músicas são de autoria de Cláudio Petraglia, também produtor da peça e os arranjos e orquestração de Sandino Hohagen. Confiram já este compacto no GTM 😉

paquetá, paquetá – o elenco
cafuné – zezé motta e gésio amadeu
balada ‘a moreninha’- marília pêra
marcarei o seu nome – marília pêra e perry salles
  • Produção original do blog Sintonia Musikal, do amigo Chico.

Cana-Verde/ Ceará – Documentário Sonoro Do Folclore Brasileiro N. 36 (1981)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Por enquanto, nossa mostra da série Documentário Sonoro do Folclore Brasileiro termina aqui. Como disse, infelizmente, eu não tenho essa coleção completa. Ficaremos aguardando os números que nos falta. Caso alguém tenha algum ou o que falta, por favor, compartilhe aqui com o Toque Musical. 🙂

a minha caninha verde (abetura)
sorri, quá quá
eu não vendo
galo galo
menina tu vai ao baile
caninha verde, adeus adeus (despedida)

.

Vox Populi – Spassomanguim (1969)

Olá amigos cultos e ocultos. Aproveitando a leva dos compactos, hoje eu trago  aqui algo especial e extremamente raro, o único registro da banda de rock mineira, Vox Populi. Trata-se de um compacto lançado pela gravadora mineira Bemol, provavelmente em 69 ou 70. Porém, algumas fontes informam que o grupo, de Belo Horizonte, nasceu em 1968 e este compacto pode ter sido lançado nesse período, quando surgiam também os primeiros lançamentos do selo Bemol (antes era o selo Paladium). O Vox Populi foi uma banda de rock formada por figuras importantes como Tavito, Fredera e Marco Antonio Araújo. Eu não tenho certeza, mas suponho que este Vox Populi é o mesmo que gravou pela Musidisc um lp em 67 ou 68, quando ainda eram um conjunto de MPB. Esse também é outro disco raro, disputado a tapas por colecionadores, relançado em cd só na Europa. Acredito que o compacto que temos aqui foi o período da transição do Vox Populi para Som Imaginário. E neste disquinho podemos sentir isso, os primeiros passos para o rock. Aliás, diga-se de passagem, um perfeito e autêntico disco de rock psicodélico, com vários nuances do que fez o Som Imaginário no primeiro lp.
Infelizmente, o compacto que eu tenho está em péssimas condições. Mesmo assim, procurei extrair o seu áudio da melhor forma possível. Como também não tinha capa e nem mesmo uma referência de como era, criei então essa exclusiva para a nossa postagem.

imagem dupla
fora de foco
.

Coco/Ceará – Documentario Sonoro Do Folclore Brasileiro N. 32 (1980)

ai, maria, volta pra trás donzela (coco de parcela)
eu vou. você num vai (coco de embolada)
ô aiá das alagoa (coco parcela)
ô gia (coco parcela)
que na barra entrou (coco parcela)
farol de ponta de pedra (coco parcela)
pisei, pisei (coco embolada)
mais adeus meu lugá (coco parcela – despedida)

.

Torém Ceará – Documentario Sonoro Do Folclore Brasileiro N. 30 (1979)

louvação (pedido de licença) – o veraniquatiá
agua de manim – o vidju – montegupe – canungadjá – caninana – saramussará
guirará tiju
agua de manim – gurái puran – brandim, brandim poti
irapui nerém nembui – mais o pipi – ereréquatiá
navura vai inché – vamu pros cuiabá
louvação (acompanhada ao maracá – imitação da fala de zé miguel

.

Cambinda Paraíba – Documentário Sonoro do Folclore Brasileiro N. 26 (1978)

quem nos guia esta luz – assuspendo nossa bandeira (cantos de invocação)
encruza lança, levanta bandeira (canto de rua)
oi viva nosso rei na corte (canto de realeza)
aruanda lele (canto de rua)
oi cambinda brilhante (canto de saída)
chego dona lepordina (canto da boneca)
amola o machado (canto do leão coroado)
o rei, rainha (canto do embaixador)
toque de percussão (zabumbas e maracás)

.