Victor Assis Brasil – Ao Vivo (1974)

Eu e minha cabeça ‘avoada’… Bem que eu percebi que ninguém (aparentemente) se interessou pelas duas músicas de bônus dos Trigêmeos Vocalistas. Não houve nenhum download, estranhei… É que eu esqueci de pedir ao Bob Nelson para publicar o link nos comentários, hehehe… Que cabeça a minha! Desculpem, é a pressa…

Hoje, nossa quarta-feira vai ser de jazz. Tenho para este dia o saudoso saxofonista Victor Assis Brasil, considerado um dos maiores nomes do jazz brasileiro. Figura que partiu prematuramente aos 35 anos em consequência de uma rara e grave doença que o vitimou, nos privando de ver e ouvir seu talento, sempre crescente. Victor iniciou-se na música com os olhos e ouvidos no jazz, na primeira metade dos anos 60. Foi discípulo de Paulo Moura. Começou tocando em ‘jam sessions’ em bares no Beco das Garrafas, em Copacabana, reduto e nascente de jazzistas e bossanovistas. Gravou seu primeiro lp, “Desenhos”, pelo selo Forma, tendo ao lado outras feras dessa geração: Tenório Jr, Edson Lobo e Chico Batera. Esteve fora do Brasil por algum tempo estudando e aperfeiçoando sua técnica. Tocou com diversos e dos mais consagrados músicos de jazz americanos. Ganhou vários prêmios como instrumentista e compositor. Infelizmente, sua música instrumental, o jazz, nunca teve o devido reconhecimento em seu país, o que o levava, como a tantos outros excelentes músicos, buscar em outros lugares do mundo um público para ouvi-lo. Em sua curta existência ele gravou por volta de uns oito discos, porém deixou um legado e uma obra inédita que tempos depois viria a ser explorada pelo seu irmão (gêmeo), o pianista João Carlos Assis Brasil.
O álbum que aqui apresento foi originado de uma gravação ao vivo feita em 1974, no Teatro da Galeria, no Rio de Janeiro, logo após voltar da ‘Berklee School of Music’. Tocam com ele nesta apresentação um time de primeira, incluindo outra fera também já falecida, o trumpetista Marcio Montarroyos. A produção foi de Durval Ferreira para a CID e sob o selo Magic Music. Este disco viria a ser relançado posteriormente e com outras capas. São apenas quatro músicas, mas que valem mais que um simples e modesto álbum. Um registro importante de um grande músico brasileiro. Se você ainda não ouviu, sinta agora o toque musical 😉
pro zeca
somewhere
puzzle
waving

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

9 pensou em “Victor Assis Brasil – Ao Vivo (1974)

  1. Alors Lá!… mais Lá!…..atenção Lá quer dizer Aqui em francés … assim pode-se traduzuir '' então aqui!…mas aqui!… de surpresa!
    E hoje que surpresa!!!
    Obrigadíssimo que eu nunca escutei este LP !!!
    TM, cara! você é massa!
    Christophe Rousseau (a procura da escova e o resto!…)

  2. Oi Chris!
    Espero que ainda nessa semana eu consiga enviar para você os cds que prometi. Não consigo achar um tempinho para ir ao Correios. Mas não se preocupe, ainda chega aí 🙂

  3. Este “upload” estaria certo?
    O arquivo indica 160MB para 4 músicas?
    Quando fui “baixar” parou no meio…
    Ou eu é que estou enganado?
    Obrigado por mais este disco ótimo!

  4. Olá. Parabéns pelo bom gosto. A músicalidade do Vitor é impressionante e nunca tinha escutado esse disco. Gostaria de saber o que é 'Sound1'. Parece todo disco numa faixa contínua….

    Abs.

  5. Prezados,
    o arquivo ficou grande porque, sem querer, incluí o disco inteiro, bruto e sem tratamento, além das de suas quatro faixas. Sound 1 é o nome do arquivo bruto, ok?

  6. Incrivel, este bog cada vez me surpreende mais. Este disco estava na minha lista de “mais desejados” já ha muito tempo. FInalmente o terei para degustar… Viva o Victor Assis Brasil, viva a musica instrumental brasileira, viva o To que Musical !!!!

    Cara, este blog devia ser considerado servico de utilidade pública.

Deixe uma resposta