Odair Cabeça de Poeta – Repolho Podre E Os Rabanetes Delinquentes (1986)

Olá, meus prezados! Antes que a semana acabe, vamos celebrar o Dia do Independente. Como todos sabem, tenho procurado manter um dia na semana para postagem de artistas independentes. Como a nova safra de artistas e bandas têm procurado outros blogs para divulgação ou simplesmente se contentam com o Myspace, eu vou mostrando os independentes do vinil, artistas que um dia deram uma boa banana para as grandes gravadoras e partiram para a produção desvinculada.

Desta vez temos, para a alegria de muitos, o Odair Cabeça de Poeta nos brindando com este álbum independente, cujo o título tem tudo a ver com os anos 80. Felizmente a música não, ela se mantém como sempre, muito boa. Na verdade este foi um dos melhores álbuns de música brasileira lançados em 1986 e ninguém sabe disso (só eu). Todas as composições são do Odair, sendo que algumas em parceria com Paulinho Boca de Cantor e Marina Cortopassi. Um disco no nível dos anteriores. O cara não deixou a peteca cair. Confiram mais este toque 😉
rocambole
quanto a gente caminhou
o índio
repolho podere e os rabanetes delinquentes
novo planeta
toque toque
balanço das ondas
toda a vez que se fala no mar
baton na boca
quegrando esquinas

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta