Carlos Augusto – Negue (1960)

Putz! Já é noite e eu até agora não consegui finalizar esta postagem. São tantas coisas a fazer que eu acabo me esquecendo do que deixei pela metade hoje de manhã. Vou aproveitando a ‘folguinha’ para finalizar a postagem. Esta é mais uma de gaveta que eu recorro. Não era para agora, mas enfim… negue que você não gostou 🙂
Temos aqui, pela segunda vez, o cantor romântico Carlos Augusto neste disco onde ele estréia, de Adelino Moreira e Enzo de Almeida Passos, o famoso samba canção “Negue” – gravado posteriormente por diversos artista como Cauby Peixoto, Agostinho dos Santos e Maria Bethânia. Teve inclusive uma versão punk rock feita pelo Camisa de Vênus. Mas o disco não se resume ao carro chefe, há também outras que eu destacaria como os samba “Quanta saudade”, de Almeida Rêgo e Newton Ramalho e “Farrapo” de Paulo Alves Borges.
Pessoalmente, não é um dos meus intérpretes prediletos, mas não vou negar que o disco num todo é bacana. Diga aí você o que acha…

grito d’alma
regresso
farrapo
pra meu castigo
única solução
felicidade sonhei
negue
quando existe adeus
chega
canção da mulher deixada
quanta saudade
noite da saudade
vitrine (bonus)

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

20 pensou em “Carlos Augusto – Negue (1960)

  1. Vivendo e aprendendo. Eu podia apostar que 'Negue' havia sido gravada originalmente por Anísio Silva.

    Não está faltando Anísio Silva no TM? O pessoal ia curtir muito, tenho a impressão.

  2. Prezado amigo “Toque Musical”

    Estou com mêdo, de ficar repetitivo e chato, mas, não dá, para não repetir, obrigado, obrigado, obrigado, e muito obrigado, por tanta coisa boa e rara, que sua generosidade, vai repartindo com os amantes da boa música.
    Sobre o cantor Carlos Augusto, corre uma lenda, envolvendo-o com a belíssima atriz norte-americana Ava Gardner:
    Dizem, que na década de 50, quando ele era crooner do Copacabana Palace, e Ava esteve hospedada no Hotel, que a mesma se encantou com o jovem cantor, mas, que na hora “H”, ele não deu conta do recado, e ela, temperamental e já um tanto chapada, quebrou todo o apartamento! Se é verdade ou não, eu não sei, mas, que os mais antigos no meio musical, contam esta estória … ah! contam sim!
    Atenciosamente,
    Paulo Alberto
    E.T. Gostaria de sugerir, os LPs da cantora Núbia Lafayette, de sua fase RCA Canden e Victor, seria maravilhoso resgatar uma voz tão linda; mas, que sempre foi vítima de preconceito (pelo repertório), mas, que cantava lindamente, o que o povo queria ouvir!

  3. Pessoal…
    Não vamos esquecer que…

    “Negue” foi um dos grandes sucessos de Nelson Gonçalves — que a gravou em 1961 e quase sempre cantava em seus shows.

    A canção “Negue” está presente na maioria das infindáveis coletâneas do Nelson reeditadas em CD…

    Abraços
    Tom Bom
    São Paulo/SP, Brasil

  4. A Música “Negue” (Adelino Moreira -Enzo de Almeida)teve várias gravações, desde o seu lançamento em 1960.
    Mas, eu tenho uma curiosidade quem foi o primeiro artista a grava-la?
    O Carlos Augusto, fez este registro na Odeon em 1960, mas, no mesmo ano, no mes de agosto a cantora/compositora, Linda Rodrigues(famosa nos anos 40 e 50), gravou o mesmo samba-canção, pela Chantecler.
    Quem foi o lançador de Negue?
    Obs. Linda Rodrigues(1919-1995), grande intérprete do rádio, do cinema e dos cassinos, como cantora fez sucesso com o samba-canção “Lama” (Paulo Marques – Alice Chaves) e como autora, outro samba-canção “Vício” (Linda Rodrigues).
    Ela gravou muitos discos em 78 RPM, em diversos sêlos como: Continental, RCA Victor, Chanteceler e outros; e, apenas, um LP (se não estou enganado) pela mesma Chantecler, com o título de “Companheiras da Noite”, onde está incluida a gravação de “Negue”.
    Aliás, este LP, que é bastante raro, seria uma boa pedida para uma postagem no “Toque Musical”, afinal, a cantora, com sua voz grave e passional merece ser revisitada.
    Atenciosamente,
    Paulo Alberto

  5. Engraçado esta coisa do “primeiro”. O Moisés Fuks é o criador do termo BOSSA NOVA… O Pery Ribeiro foi o primeiro artista a gravar GAROTA DE IPANEMA… A Carmen Miranda a nossa primeira referência de sucesso aqui nos Estados Unidos… Definitivamente CARLOS AUGUSTO foi o primeiro brasileiro a gravar NEGUE – e estou consciente do seu envolvimento com a Ava Gardner. Isto é incontestável. Eu estava lá no Brasil e vi o cantor muitas vezes na Rádio Nacional, do Rio.
    Chico Moura – jornalista em Miami.

  6. Olá, gente! O primeiro cantor a gravar Negue foi o Roberto Vidal (nome artístico de Sidney Grigoletto), ele gravou em janeiro de 1960. O Carlos Augusto gravou em maio de 1960 e a Linda Rodrigues, em agosto de 1960.

    Abs. a todos.

    Roberto de Azevedo

  7. Para ser mais exato, o Roberto Vidal gravou no dia 25 de outubro de 1959 e o disco foi lançado em janeiro de 1960. O Carlos Augusto gravou no dia 15 de maio de 1960 e o disco foi lançado no mesmo mês. Não tenho informações sobre o dia em que a Linda gravou.

  8. Mandarei o disco com muito prazer. Um amigo meu tem esse 78 rpms do Roberto Vidal com Negue no lado A e ´´Triste coração´´ da Linda Rodrigues (a mesma que gravou ´´Negue´´) e Aldacir Louro.
    O nº do disco é o RCA Victor – 80-2159. Peço que esperem alguns dias para me contactar com meu amigo, assim mando com uma foto do 78 rpms.

    Abs.

  9. Há anos que procuro a musica “Espera” gravada por Agostinho dos Santos e não acho em nenhum Lp até agora . Voce pode me dizer onde posso achar essa música, que traz muitas recordações de minha adolescência? ficaria imensamente grato.

  10. Este disco é imperdível e os outros de Carlos Augusto também! Outro disco dele: A Música de J. Cascata e Leonel Azevedo na voz de Carlos Augusto. Uma joia rara! Onde poderá ser encontrado?

Deixe uma resposta