Joao, Tom, Vinicius & Os Cariocas – Um Encontro No Au Bon Gourmet (1962) REPOST

E o Carnaval passou… Agora, para curar a ressaca só tomando outra dose. Mas desta vez a panacéia curativa vai ser outra. Cheguei a conclusão que tratamentos homeopáticos nesses casos não resolvem, principalmente depois que o organismo acostuma. Tem mesmo que ser diário! Para os bons entendedores esta introdução tem múltiplos sentidos.
Hoje eu vou fazer diferente, repostando uma gravação que todos já conhecem, “Um encontro no Au Bon Gourmet”. Trata-se de um show, duas noites no restaurante Au Bon Gourmet, no Rio, onde se encontraram as ilustres figuras de Tom Jobim, Vinícius de Moraes, João Gilberto e o grupo Os Cariocas. Realmente um encontro e tanto, que ainda contou com a presença na ‘cozinha’ de Milton Banana na bateria e Otávio Bailly no contra-baixo. Sob a direção musical de Aloysio de Oliveira, o show foi uma espécie de batismo, a primeira apresentação em público de canções que em pouco tempo se tornariam clássicos da nossa MPB. Este é mais um daqueles históricos registros do começo da Bossa Nova que foi apresentado primeiramente no Loronix. Logo em seguida eu também o publiquei aqui no Toque Musical, criando inclusive uma capinha para ele. Agora eu o trago de volta neste ‘repost’, incluindo o registro da primeira noite (remixada pelo Chris. Merci!) que nas versões anteriores não estava presente. Na verdade não há muitas diferenças entre as duas noites de show. A qualidade do som é até mais precária na primeira apresentação, contudo não deixa de ser um documento sonoro curioso e interessante. Temos assim o registro completo daquela apresentação histórica de 1962…

01. Só Danço Samba (Antonio Carlos Jobim/Vinicius de Moraes)
Os Cariocas
02. Samba de uma Nota Só (Antonio C. Jobim/Newton Mendonça)
Tom Jobim & Os Cariocas
03. Corcovado (Antonio Carlos Jobim)
João Gilberto & Os Cariocas
04. Samba da Bênção (Baden Powell/Vinicius de Moraes)
Vinicius de Moraes
05. Amor em Paz (Antonio Carlos Jobim/Vinicius de Moraes)
João Gilberto & Os Cariocas
06. Bossa Nova e Bossa Velha (Miguel Gustavo)
Os Cariocas
07. Samba do Avião (Antonio Carlos Jobim)
Tom Jobim & Os Cariocas
08. O Astronauta (Baden Powell/Vinicius de Moraes)
Vinicius de Moraes & Os Cariocas
09. Samba da Minha Terra (Dorival Caymmi)
João Gilberto
10. Insensatez (Antonio Carlos Jobim/Vinicius de Moraes)
João Gilberto
11. Garota de Ipanema (Antonio C. Jobim/V. de Moraes)
João, Tom & Vinicius
12. Devagar com a louça (Haroldo Barbosa/Luiz Reis)
Os Cariocas
13. Só Danço Samba (Antonio Carlos Jobim/Vinicius de Moraes)
João Gilberto & Os Cariocas
14. Garota de Ipanema /Só Danço Samba / Se Todos Fossem Iguais a Você (Jobim/Vinicius) Todos juntos
.
* o repertório das duas noites é exatamente o mesmo, apenas com ligeiras diferenças e uma música a mais.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

17 thoughts on “Joao, Tom, Vinicius & Os Cariocas – Um Encontro No Au Bon Gourmet (1962) REPOST

  1. OLá! Mais uma preciosidade. Vamos
    esperar a polêmica… Apenas senti
    o som um pouco “metálico”. Não sei
    como avaliar, talvez seja da acústica
    do “Au Bon Gourmet”.

  2. Meu amigo, em certas situações as palavras insistem em não dar as caras. Essa é uma destas…

    O Toque é fundamental: acervo maravilhoso, informação e um bom humor arretado. Blog feito não apenas por quem possui jóias do nosso cancioneiro, mas por quem curte e sabe o que faz.

    Obrigado, irmão, pelo retorno prometido e, principalmente, pela generosidade.
    Abraço.

    Zé.

  3. O arquivo.rar tem duas pastas das noites com 8 + 7 músicas. É assim ?
    Falo isso por causa que parece que na descompreção tem um erro y achei ruin que perdesse alguma coisinha pelo caminho…
    TM, como sempre, obrigado pelo suo trabalho ! Abraços

  4. Toque, sensacional esse registro, parabéns.

    Uma pequena observação, completamente irrelevante, mas
    curiosa, sobre o Samba da Benção no Au Bon Gourmet:

    1ª Noite:

    – Mais acelerado, 4 min 53 seg.

    – João dá uma pequena desafinada no violão na passagem
    “pra fazer um samba com beleza é preciso um bocado de
    tristesa, é preciso um bocado de tristesa, se não não
    se faz um samba não”

    2ª Noite:

    – Menos acelerado, 6 min 5 seg.

    – Vinícius erra a letra que ele mesmo fez quando diz
    “a benção maestro Antônio Carlos Jobim, parceiro e
    amigo querido, que fizeste este samba comigo”. Quem
    fez o samba com ele, obviamente, foi Baden Powell.

    Luiz

  5. Pô, vou chover no molhado, mas quem merece tem que ser reconhecido. Grande blog, grande post! Parabéns e muito obrigado por preservar e divulgar cultura!

  6. Finalmente posso botar fora a minha má cópia desse disco único,
    obrigadíssima!!

    Um abraço de A.

  7. Amigo Augusto, você deve re-upar este documento que não està mais disponivel nem no Rapidshare, nem no Mediafire – Estou falando deste documento que você editou das duas noites
    Abraços
    Chris – Cantor & Mùsico – St Tropez (O Faxineiro da Tijuca)

Deixe uma resposta