Fred Williams E Dalila (1971)

Ao lado de Edú da Gaita, o carioca Fred Williams, nome artístico de Manoel Xisto, foi um dos grandes gaitistas do Brasil. Autodidata, iniciou-se na harmônica ainda bem jovem. No final dos anos 30 foi para o rádio como integrante de um conjunto musical. Seus primeiros discos vieram a partir dos anos 50. Suas composições faziam muito sucesso. Dominava os diversos tipos de gaita e, veladamente, rivalizava com o célebre Edú. Segundo as escassas e duvidosas fontes, o gaitista gravou dezenas de bolachas em 78 rpm e apenas um lp, encerrando sua carreira no inicio dos anos 60 (eu cá, tenho as minhas dúvidas). Infelizmente não há na rede informações precisas ou detalhas sobre Fred Williams. Acho que só mesmo recorrendo aos universitários e acadêmicos de plantão.
“Fred Williams e Dalila” é um álbum que nos mostra o contrário do que foi dito. Este disco foi lançado em1971 (e eu conheço dele pelo menos mais uns dois lps). O repertório é composto por alguns temas gravados anteriormente, possivelmente regravação, pois o disco ainda nos apresenta coisas inéditas e de outros autores. Quanto à Dalila, não adianta perguntar ou procurar. Ela não toca e nem canta, apenas encanta a capa. Possivelmente seria a esposa do gaitista. (ou não?)

meu pequeno cachoeiro
dorinha meu amor
lampeão de gaz
prá começo de assunto
não vou nessa cascata
maricota do cajú
uma farra em porto alegre
balança tudo
mâezinha do coração
briguinha de amor
viajando pra fazenda
ilusão de um grane amor

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta