Paulo Cesar Pinheiro – Poemas Escolhidos (1984)

Olá amigos cultos, ocultos e demais visitantes! Embora seja domingo, com tempo fechado e uma ameaça constante de chuva, eu sinto que o dia vai ser legal. A postagem de hoje eu quero dedicar ao amigo Carlos, que generosamente me presenteou com a coleção Nova História da Música Popular Brasileira, da Abril Cultural, completa! A partir de janeiro estarei postando semanalmente, independente da temática, um disco da coleção. Pode ser até que demore um pouco para vocês completarem a série, mas vai valer a pena…
Aqui temos então um grande poeta da MPB, Paulo Cesar Pinheiro, que dispensa comentários (meus). Parceiro de inúmeros compositores da nossa música, neste disco se dedica inteiramente a nos apresentar trinta e três poemas escolhidos na ponta da caneta. Participam do álbum, cuidando do fundo musical, Dori Caymmi, Dazinho e Guinga.
Pelo que me informaram, neste disco vinham incluídos os poemas em texto. Infelizmente, essa parte eu vou ficar devendo.

infância
o centauro
suicídio
realista
inspiração
revelação
sensitivo
escolha
bíblica
o sábio I
o sábio II
solidão
santo guerreiro
festa de natal
bachianas brasileiras
diário de bordo
os rios
loucura
magia branca
vidência
bicho homem
mal constante
versos de amor
tema de valsa
fruta nativa
poeminha safado
deiscência
baticum
lendas
ofício
dilema
café pinhão
ciclo fechado
Fazem parte do fundo musical as seguintes músicas:
desafio – dori caymmi
estrela da terra – dori caymmi e pc pinheiro
chôro breve – guiga
evangelho – dori caymmi e pc pinheiro
prelúdio n. 3 – villa lobos
o homem entre o mar e a terra – dori caymmi
igreja da penha – guing
coincidência – nivaldo duarte e pc pinheiro
confidências- ernesto nazareth
lenda – dori caymmi
comovida n.1 e 2 – guinga
violão vadio – baden powell e pc pinheiro

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

9 thoughts on “Paulo Cesar Pinheiro – Poemas Escolhidos (1984)

  1. É raro uma coletânea do P. C. Pinheiro. Tenho uma grande admiração pela sua vasta e bela obra. MPB-4, Elis, Marisa, Baden, Renato Braz, Quarteto em Cy, Nana, Dori como tantos outros grandes artistas nos proporcionaram lindas interpretações. Seria interessante fazer uma lista especialmente selecionada e disponibilizá-la. Se houver interesse posso fazer isto. Mas quais seriam as 20 músicas de PC Pinheiro que fariam parte da coleção?

  2. Por mim tudo bem, contudo eu gostaria de uma lista do PC que fosse consenso entre alguns de seus amigos e pessoas, que como eu, vivem acessando seu blog.
    Minha lista inicial:
    Desenredo
    Anabela
    Velhice da porta-bandeira
    Canto brasileiro
    Pesadelo
    Espelho
    Resposta ao tempo
    Viagem
    Canto Brasileiro
    Refém da solidão
    Cordilheira
    Vou deitar e rolar
    Vento bravo
    Lapinha
    Cabrochinha
    Na volta que o mundo dá
    O canto das três raças
    Não vim pra ficar
    Pano pra manga
    Santa Voz
    Estrela guia
    Toada brasileira
    Abraços!

  3. Valeu a postagem que você me dedicou. Adoro Paulo Cesar Pinheiro – grande poeta com belíssimas músicas e com aquela voz rouca (Tom Waits?)!!! Acertou – obrigado!!! Já baixei, já ouvi, maravilha! Obrigado.

  4. A atriz e cantora Soraya Ravenle estreia, em pouco mais de duas semanas, no SESC Copacabana, o show “Arco do tempo”, com direção e roteiro de Gustavo Gaparani e produção musical de Alfredo Del-Penho. O show é o lançamento do CD homônimo composto, unicamente, por músicas de Paulo César Pinheiro (o show conta, ainda, com alguns textos e poesias). “Viagem” e “Lapinha” estão no repertório, além da inédita “Arco do tempo” que nomeia o disco e o show.

    Assisti hoje ao ensaio e tá lindo. Tá valendo muito.

    Informações: jeffersonalmeida_3@hotmail.com

    Jefferson Almeida

Deixe uma resposta