Mercenárias – Cadê As Armas? (1986)

Pois é… como diz o companheiro G&B são poucos os discos de rock (Brasil) que salvam os anos 80. Eu também não tenho dúvidas disso, apesar de ter sido a década onde a música jovem no Brasil ganhou mais espaço. Talvez por isso mesmo se tenha feito tanta ‘adrem’. Eu, da minha parte, só procurei guardar o que era bom. E aqui vai mais um dos que eu ouvia intensamente, “Cadê as armas?” disco de estréia da banda feminina Mercenárias. Formada em São Paulo por Rosália Munhoz no vocal, Ana Machado na guitarra, Sandra Dee no baixo e Lou na bateria. A banda se destacou por seu som pesado e letras ‘politizadas’. Como diz um outro amigo meu, as Mercenárias seria uma versão feminina e mais ácida dos Titans, pelo menos naquela época.

Elas gravaram apenas dois discos, sendo este o primeiro e com certeza o mais legal. Um álbum, literalmente, curto e grosso. Mas muito bem feito e com uma pequena ajuda de amigos como Edgar Scandurra, João Gordo, Vange Leonel, entre outros… Para os chegados em rock, eu recomendo… discão!
.
me perco nesse tempo
polícia
imagem
inimigo
pânico
amor inimigo
loucos sentimentos
labirintos
além acima
santa igreja

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

2 thoughts on “Mercenárias – Cadê As Armas? (1986)

  1. Loucos sentimentos tem uma letra que me lembra a história de uma mocinha amiga minha. Interessante!
    Valeu mais uma vez!

Deixe uma resposta