Paulo Diniz – Brasil, Brasa, Braseiro (1967)

Depois da ressaca de ontem, estou pontualmente de volta… Fiquei meio na dúvida do que iria postar, daí ouvindo no rádio um programa sobre a Jovem Guarda, tocou “O chorão”, a música do Paulo Diniz. Lembrei-me do disco que há anos eu não ouvia. Embora um pouco ‘detonado’, achei que seria uma boa apresentá-lo hoje, aqui no Toque Musical. Este foi o primeiro disco desse pernambucano que saiu de Recife nos meados dos anos 60, indo tentar a sorte no Rio de Janeiro. Se deu bem logo de saída, gravando um compacto com esta canção que fez um razoável sucesso. O lp saiu no mesmo ano, abrindo assim as portas para o artista que veio a se consagrar em discos posteriores. Este álbum foi, há um tempo atrás, relançado em cd. Me parece que ainda é possível encontrá-lo nas lojas. Não desista…
.brasil,brasa,braseiro.
.vou explodir de felicidade
.seria bom
.o trevo
.quem desenha quer comprar
.o chorão
.se o mundo pudesse me ouvir
.só que a minha pele é negra
.o telegrama
.eu quero ter um tigre em mim
.o chorão no dentista
.o risonho

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

7 thoughts on “Paulo Diniz – Brasil, Brasa, Braseiro (1967)

  1. Gostaria, de se possível, fazer uma pequena correção quanto ao LP “Brasil, Brasa, Braseiro”: Paulo Diniz gravou apenas compactos simples na gravadora Copacabana, entre 1966 e 1969. Em 1970, mudando-se de armas e bagagens para a gravadora Odeon, a Copacabana resolveu reunir todos o seus títulos em seu selo em um só LP, esgotando o seu repertório dessa fase. Isto é, quando esse LP foi lançado, Paulo Diniz já era contratado de uma outra gravadora. À época, esses compactos estiveram em minhas mãos, daí esse conhecimento..

Deixe uma resposta