Edy Star – Sweet Edy (1974)

Esquecido atrás da estante, no fundo do baú ou de algum gaveta – reaparece novamente este disquinho curioso e único de um artista que muitos juravam estar morto, o Edy Star. Aliás, existem muitas lendas sobre o cara, que foi um dos primeiros andrógenos da mídia e o mais famoso transformista do rock brasileiro. Edy foi também um dos integrantes da incompreendida “Sociedade Grã-Kavernista” – uma proposta de ópera rock idealizada por Raul Seixas em 1971. Lembram desse disco? Formados por Raul Seixas, Edy Star, Sergio Sampaio e Mirian Batucada. Edy Star ou simplesmente “Bofélia”, como era chamado por Raul, é o último sobrevivente dessa gang.
“Sweet Edy” foi seu único disco e na época chegou a escandalizar alguns puristas de plantão. Mas endossado pela TV Globo no programa Fantástico e também em matérias de jornais e revistas, acabou sendo aceito e liberado pelos censores. Acho que sua carreira ‘fonográfica’ não foi adiante por questões de puro preconceito. Pelo fato do cara ser um gay assumidíssimo, num país careta onde imperava o poder dos militares.
Neste exato momento, acabo de descobri o paradeiro do Edy aqui no mundo virtual. Ele tem um blog, muito bacana onde conta suas aventuras. Vale conferir, pois ali está também um pouco da história da música e dos espetáculos. Uma boa fonte de pesquisa, contada na primeira pessoa.

01 – Claustrofobia
02 – Edyth Cooper
03 – Conteúdo
04 – Superestrela
05 – Esses Moços
06 – Boogie Woogie do Rato
07 – Sweet Edy
08 – Briguei com Ela
09 – Olhos de Raposa
10 – Coração Embalsamado
11 – Pro Que Der na Telha
12 – Bem Entendido
13 – Eu Sou Edy Star
14 – A Bem da Verdade (Bonus)

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta