Conjunto Coisas Nossas – Noel Inédito (1983)

Segue agora mais um disco primoroso. Um trabalho que vale a pena ouvir. O Conjunto Coisas Nossas foi um grupo que realizava diversos espetáculos sobre Noel Rosa e a música carioca das décadas de 20 e 30. Neste álbum eles resgatam obras, até então, inéditas do compositor. Os arranjos e interpretação procuram ser fiéis à época. Até onde eu sei, o disco foi lançado originalmente em 1983, em vinil, pelo Estúdio Eldorado e foi novamente relançado em cd nos anos 90. Como disse, vale a pena conferir mais este toque musical.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

6 comentários a “Conjunto Coisas Nossas – Noel Inédito (1983)

  1. As inéditas desse primoroso trabalho dedicado a Noel Rosa em 1983 são: “Espera mais um ano” (samba de 1931), “Estátua da paciência” (parceria com Jerônimo Cabral, um fox também de 1931 cuja paritura manuscrita no Arquivo Almirante, do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro) “Na Bahia” (samba de parceria com José Maria de Abreu, aparecido no filme “Cidade mulher”, de 1936), “Com mulher não quero nada” (samba de Noel com Sylvio Pinto, sem data de composição) e um “Choro”, provavelmente intitulado “Baianinha”, também sem data de composição, transcrito para a pauta por Jacob do Bandolim. Há também versos, não gravados antes, de clássicos noelinos: “Feitio de oração” (parceria de Vadico) e “Ate amanhã”. O samba “Espera mais um ano” chegou a ser gravado em 1931 pelo próprio Noel na Columbia em dueto com o ator de revistas Artur Costa (pai do também falecido ator da TV Globo Artur Costa Filho), mas o disco não foi lançado comercialmente. O presente registro do Grupo Coisas Nossas é antecedido exatamente por um trecho da gravação de Noel e Artur, não lançada em disco, e cuja prova foi achada nos arquivos do pesquisador Eduuardo Corrêa de Azevedo. Para efeito de comparação, as duas gravações da música foram incluídas na raríssima caixa de 14 CDs “Noel pela primeira vez”, lançada em 2000, reunindo toda a obra musical do Poeta da Vila, em 229 gravações originais, incluindo inéditas só apresentadas no rádio.

Deixe uma resposta