Expósito E Sua Orquestra – Expósito 67 (1966)

Olá amigos cultos, ocultos e associados! Como todos podem perceber, estamos tendo alguns problemas com os sites de hospedagens de arquivos. Parece que o Mediafire só libera alguns. Ainda não saquei qual é o esquema, mas por conta disso acionei o plano B, usando agora o Rapidgator. Para a minha conexão, este site está até melhor que o Mediafire e me permite enviar até 600 megas, inclusive em arquivos separados e simultâneos. Muito bom! Porém, vi que alguns reclamaram, ou não conseguiram baixar através do novo. Por enquanto, vamos manter esse mesmo. Também não gosto da ideia de ficar mudando, mas aqui a gente acaba aprendendo. É um eterno reciclar…

Deixo hoje para vocês outro disco do misterioso Expósito e sua orquestra. Misterioso talvez não seja o termo apropriado, afinal sua figura e sua história já nos foi revelada em outros discos postados aqui. O álbum da vez foi lançado em 1966, obviamente pensando no ano seguinte. Um repertório misto, cheio de sucessos da música pop internacional e também: “O carango”, de Nonato Buzar e Carlos Imperial, sucesso na voz do Simonal e “Disparada”, de Geraldo Vandré e Theo de Barros, clássico de festivais. O disco mantém a excelência musical, contudo, pessoalmente, prefiro os anteriores postados aqui.

the more i see you

love me, please love me

disparada

strangers in the night

california dreamin’

the shadow of your smile

o carango

fly me to the moon

here, there and everywhere

call me

merci cherie

guantanamera

 

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta