Os Violinos Do Rio – Valsas Eternas (1961)

Boa noite, amigos cultos e ocultos! Hoje não tem samba, não tem bossa, não tem jazz, rock ou mpb. Hoje todo mundo vai dançar… Dança mais quem não gostar. Vamos de valsa, pois afinal o Toque Musical é um espaço onde se escuta com outros olhos. E eu digo isso não é atoa, pois, pessoalmente não sou muito fã de valsa. Nem para dançar. Mas há sempre algumas, que de tanto que se houve, acaba se acostumando. São clássicas, são clássicos…

Eis aqui um disquinho bem escolhido. Valsas de Strauss, Lehar, Ivanovici, Tchaikovsky e tantas outras, sem esquecer uma bem brasileira, a única, de Gastão Lamounier e Mário Rossi, “E o destino desfolhou”. Encontrar esse disco na rede é coisa muito fácil, há vários a venda no Mercado Livre, porém o que é mesmo difícil é saber quem foi esse tal Maestro Petek. Sinceramente, eu não sei. Ao que tudo indica parece ser um nome fantasia para uma orquestra chamada “Violinos do Rio”. De verdadeiro aqui só sei do arranjador, o compositor e violinista Nelson Macedo, autor de inúmeras obras do repertório erudito brasileiro. Possivelmente foi o próprio Nelson o regente deste disco, feito para o selo Imperial em 1961. A orquestra Violinos do Rio, provavelmente, foi formada por músicos da Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. O disco tem sim um certo apelo comercial e busca nesse repertório agradar a um público além daquele erudito, que frequentava os concertos. Música ‘crássica’ para o povo!

dança húngara nº 5

viúva alegre

olhos negros

fascinação

pigalle

conto dos bosques vienenses

ouro e prata

mademoiselle de paris

la seine

cielito lindo

sobre ondas

tema do concerto para piano e orquestra

vida vienense

princesa das czardas

rosa do sul

eva

valsa do danúbio

conde de Luxemburgo

sonho de outono

os patinadores

valsa das flores

amor cigano

true love

torna a surriento

danúbio azul

ciribiribin

e o destino desfolhou

sous le ciel de paris

maria bonita

vozes da primavera

valsa do imperador

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

5 thoughts on “Os Violinos Do Rio – Valsas Eternas (1961)

  1. O repertório é sensacional, espero poder dizer o mesmo com a execução, tenho outros discos dos Violinos do Rio, são muitos bons.
    Celio.

  2. Augusto, cheguei nesse disco somete hoje, dia 24.09.2013, mas o link do MediaFire já havia expirado. Você teria como disponibilizá-lo novamente? Agradeço antecipadamente pelo favor, se isso for possível.

Deixe uma resposta