Rago – Em Sonorâmico (1960)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! Como fiquei por quase dois meses sem fazer novas postagens, acho que muita gente pensou que o Augusto aqui não fosse voltar. Mas enquanto ouver sulco na agulha o Toque Musical continua mandando brasa! Como já havia comentado, estou aos poucos repondo novos links. Primeiro cuidamos da postagem diária, depois vamos para as solicitações de reposição de links pedidos por vocês. A propósito disso, conto com a paciência de todos, pois vou colocando novos links de acordo com a ordem de chegada. Estamos ainda na pendência de 119 novos links. Aos poucos ou aos muitos eles saem. Paciência…
Escolhi para hoje este disco do violonista e compositor paulista Antonio Rago. Juro que eu nem lembrava de que já havia postado aqui um outro disco dele. Aliás, uma coletânea, a qual traz diversas músicas deste outro que estou trazendo agora. Certamente, quem estiver lendo este post já sabe onde clicar para chegar à postagem do disco anterior. Lá também vocês saberão um pouco mais a respeito desse artista.
“Rago, Em Sonorâmico” foi um lp da Continental, lançado em 1960. Neste álbum Rago vem acompanhado por seu regional, formado com Portinho, na clarineta; Hortêncio, na gaita; Jocy Alves, no violão; Nefe, no contrabaixo; Xixa, no cavaquinho e Pedro (Sorongo) no pandeiro. Antonio Rago, como se pode ver na capa do disco, vem pilotando seu violão elétrico, instrumento esse, criado exclusivamente para ele pela fábrica Di Giorgio. No repertório temos uma seleção variada de ritmos, entre boleros, baiões, mambo, choro, toada, samba e cha cha cha. Todas as músicas são de sua autoria.

jamais te esquecerei
folinha
mentiroso
mambo na glória
se ela voltasse
cha cha cha
em tuas mãos
o barão na dança
festa portuguesa
encantamento
boneca japonesa
você é meu samba

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta