Alaide Costa – Canta Suavemente (1960)

Olá amigos cultos e ocultos! É… definitivamente eu chego a conclusão de que as pessoas que passam por aqui, em sua maioria, não lêem os conteúdos das postagens e muito menos as informações e orientações de uso do blog. Seria, para mim, apenas lamentável não fosse também uma amolação, pois estou sempre tendo que explicar o óbvio. Não seria mais fácil simplesmente ler o que está escrito no Toque Musical? Estão perdendo tempo… Inclusive, aproveitando o ensejo, quero deixar claro e avisado aqui também (e mais uma vez) que a configuração de participação dos associados ao GTM deve ser SEMPRE e EXCLUSIVAMENTE a de não receber e-mails do grupo. Muitos, aos se associarem, marcam lá nas opções o recebimento de mensagens (ou links), mas isso não está valendo. Todos, ao se inscreverem, são automaticamente redefinidos para essa opção. Aqueles que teimam, entram no site do GTM e muda suas configurações de recebimento, logo que assinalados têm seus e-mails banidos. Por isso, peço a todos que fiquem atentos. Que leiam e aceitem as condições deste blog, ok? O Toque Musical só tem sentido se houver participação, o famoso ‘feed-back’.
Bom, para hoje eu estou trazendo um disco de uma das minhas cantoras favoritas. Se até hoje eu não andei postando muitos discos dela aqui, foi apenas por descuido, ou mesmo porque sempre podemos encontrar sua voz cantando em outras fontes. Mas dessa vez, movido pelo embalo do canto feminino da semana, achei por bem trazer para o nosso lado outro disco da Alaide.
Temos aqui o “Alaide Costa, Canta Suavemente”, álbum lançado em 1960 pela RCA Victor. Este foi o segundo ‘long play’ gravado pela cantora, mantendo um inquestionável bom gosto de repertório, com músicas como “Esquecendo você”, de Tom Jobim; “Complicação”, de Ronaldo Boscoli e Chico Feitosa; “Chora tua tristeza”, de Oscar Castro Neves e Luvercy Fiorini; “Dindi”, de Aloysio Oliveira e Jobim… Putz, só tem coisa boa aqui! Entre outras, era também a Bossa Nova se manifestando na voz de uma das maiores cantoras do Brasil! Melhor listar logo a baixo todas de uma vez 🙂

esquecendo você
complicação
história de nossa história
ciúme
é mentira nosso adeus
chora tua tristeza
dindi
jura de pombo
o nosso olhar
dê-me o braço
discussão
fim de noite

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

2 thoughts on “Alaide Costa – Canta Suavemente (1960)

  1. Francisco, desculpe, não estou mais enviando links por e-mail. Os visitantes devem agora ir diretamente ao GTM buscar os links que lhes interessar. Se você recebia os links é porque está inscrito, basta ir lá, o acesso está liberado para os associados. Mas fique atento, leias as informações e orientações contidas por lá, ok?

Deixe uma resposta