Alaide Costa – Jóia Moderna (1961)

Boa noite a todos! Ontem, sexta feira, eu acabei não fazendo nenhuma postagem. Em outros tempos isso jamais aconteceria, com chuva ou com sol, eu sempre estava lá presente. Mas de uns tempos pra cá vejo que essa preocupação era só minha. Relaxei e faço agora tudo dentro do possível. Isso vale inclusive para as reposições. Antes eu ficava preocupado em atender, agora continuo atendendo, mas sem pressão. Assim, o que viria na sexta, está chegando agora. E claro, como sempre, coisa boa. Olha aí, mais uma vez marcando presença, a grande Alaíde Costa!
Temos aqui “Alaíde, Jóia Moderna”, outro álbum maravilhoso da cantora e também compositora. Neste lp ela marca presença com “Canção do amor sem fim”, música em parceria com Geraldo Vandré. No repertório temos também outras tantas jóias, uma seleção musical feita pela própria cantora. Aliás, no texto da contracapa Alaíde nos conta todos os passos da produção deste trabalho. Detalhes importantes e interssantes, coisa que todos os discos deveriam trazer. Sabemos aqui que os arranjos de todas as músicas são de Baden Powell, que também toca no disco. Acompanham também a artista os irmãos Castro Neves, Paulo Tito, Copinha e o trombonista Macaxeira. Outro detalhe curioso é a capa que traz na foto um colar, um jóia criada pelo artista, mais conhecido como paisagista, Burle Marx. Legal, né? 🙂

encontro com a saudade
samba de nós dois
se foi passado
gostar de ninguém
só de mentirinha
ponto final
canção de amor sem fim
no mundo da lua
gosto do seu olhar
sem você
segue a vida em paz
lágrima
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

7 pensou em “Alaide Costa – Jóia Moderna (1961)

  1. João, este foi não. Ao pensar em digitalizar o disco que tinha em mãos (ou pratos), vi que a qualidade estava muito a desejar em algumas faixas. Daí optei por um arquivo já pronto (creio que do zecaloro)

  2. Não acho que esse seja do Zecalouro, Augusto. Você faz digitalizações, deve saber disso: Sabe quando a gente vê o espectro de uma música num programa de computador? As músicas desse arquivo que você postou tem a frequência cortada por volta dos 16Khz, quando o normal para um MP3 320 seria lá pros 20Khz (as digitalizações do Loronix costumavam a ser todas nessa faixa).

    O que me chamou atenção foi que eu tenho um arquivo em MP3 192kbps que supostamente deveria ter menos qualidade que esse que você postou mas que na verdade é exatamente o mesmo arquivo – tem até mesmo aquele pulo no final da primeira música.

    Augusto, as músicas que você tinha já estava em MP3 320 ou foi você mesmo que passou pra essa taxa mais alta?

  3. João, não mexi em nada, apenas aproveitei os arquivos que tinha. A gente lida com tantos, baixa tanta coisa que as vezes ficamos sem referência. Mas esse, com certeza, eu apenas coloquei as tags.
    Se tiver interesse, posso lhe enviar o bruto desse disco, mas vai lhe dar trabalho limpar.

  4. Oh, obrigado, Augusto, isso seria ótimo. Eu não me incomodo em perder algum tempo nessas atividades. .
    Você tem o meu email, certo?

Deixe uma resposta