Margarida Lopes De Almeida – Recital (1955)

Prezados amigos cultos e ocultos, nosso domingo vai ser mais lírico e poético. Poesia é algo que sempre cai bem por aqui e eu procuro sempre cultivar esse hábito. Hoje eu trago outro álbum produzido pelo selo Festa, do jornalista Irineu Garcia. Como já falamos aqui, o Festa Discos Ltda foi criado com a intenção de promover a poesia, sendo, creio eu, o primeiro selo brasileiro dedicado aos poetas. Eles também lançaram discos de música, álbuns verdadeiramente antológicos. Sua série de discos tem uma importância que vai além da poesia. São registros históricos das vozes, muitas vezes dos próprios poetas. Mas quem melhor, além de seus autores, que os verdadeiros profissionais da interpretação? Como foi o caso, na semana passada, de Paulo Autran. E agora, Margarida Lopes de Almeida, um consagrada artista e declamadora brasileira apresenta aqui dez poetas, dez poemas cujo os estilos vão do Parnasianismo de Olavo Bilac ao Modernismo de Carlos Drummod de Andrade.

via láctea – olavo bilac
serenata – martins fontes
póstuma – raul machado
ciranda – afonso lopes de almeida
a música dos bilros – artur de sales
romance de n. s. da ajuda – cecília meireles
passagem da noite carlos drummond de andrade
canção balet – mário quintana
velocidade – guilherme de almeida
os sinos – manoel bandeira
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta