Dilermando Reis – Presença De Dilermando Reis (1962)


Boa noite, meus prezados amigos cultos e ocultos! Aqui vai um disco que certamente irá agradar aos garimpeiros de plantão. Temos para hoje este álbum do violonista Dilermando Reis, lançado em 1962, pela Continental. Nele encontraremos um repertório quase todo autoral. Diferente de outros discos do artista, neste ele vem acompanhado por Radamés Gnatalli e sua orquestra, que dá ao trabalho um caráter ainda mais amplo, deixando Dilermando mais como um solista da orquestra. Participa também o organista e compositor Steve Bernard, figura muito citada na Rede, mas eu mesmo não encontrei nada sobre ele. Me parece, pelo nome, que era um músico estrangeiro que teve passagem pelo Brasil, suponho eu. Confiram aí este lp e se alguém souber, esclarece aqui quem foi esse Steve Bernard. Fiquei curioso

recordando malaguña
presença
uma valsa, dois amores
torna a sorriento
fingimento
sob o céu de brasília
no tempo do vovô
tempo de criança
chuvisco
rosita
mágoas de africano
xodó da bahia
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

6 thoughts on “Dilermando Reis – Presença De Dilermando Reis (1962)

  1. Se você não viu o link é porque você não está associado ao nosso grupo, o GTM.
    Leia as orientaçoes no blog para ter acesso, ok?

  2. Caro Augusto, a ordem das músicas está trocada. Acho que precisa renomear as faixas de acordo com o selo (rótulo) e não com a contracapa. Mas parabéns por mais esta maravilhosa postagem! Vida longa!

  3. Disco ótimo. Pena que as faixas saíram com nomes trocados. Tá dando trabalho desembaralhar. Abraço.

Deixe uma resposta