Românticos De Cuba – Na Itália (1965)

Bom dia a todos! Ontem aconteceu em Belo Horizonte a tradicional Festa Italiana da Savassi com dezenas de barraquinhas vendendo comidas típicas, shows e mais de 60 mil pessoas circulando pela Av. Getúlio Vargas. Quando vi a ‘muvuca’, desisti de entrar na festa. Embora tivesse muito coisa legal para ver e comer, preferi rodar de bike por outros cantos da cidade. Sei que perdi um festão, mas no ano que vem eu programo melhor essa data.
Pensando na festa, tive então a ideia de postar hoje este disco da Orquestra Românticos de Cuba. Temos aqui uma seleção de algumas das mais famosas músicas italianas dos anos 50 e 60 executadas com a qualidade que só mesmo uma boa orquestra como esta poderia fazer. Inicialmente, sob a batuta oculta de Severino Araújo e muitos dos instrumentistas de sua Orquestra Tabajara, depois nas mãos de Waltel Branco, os Românticos de Cuba estiveram por mais de 20 anos, com seus discos, sendo lançados no mercado fonográfico como a orquestra das oportunidades. Aquela que toca de tudo e conforme o sinalizador de sucessos. Uma criação do dono da gravadora, Musidisc, Nilo Sérgio. que soube como ninguém explorar o mercado fonográfico com seus artistas e orquestras inventados.
Acho que por conta dessas diferentes e diversas investidas, havia um variado leque de estampas e fotografias prontas para serem usadas nas capas. No caso específico desta, que embora seja muito bonita (principalmente pela garota), não tem nada a ver com a inspiração italiana. Ao montarem a capa, alguém lá… deve ter entendido que a Orquestra Românticos de Cuba iria gravar um disco de músicas mexicanas. Mama mia, che pasticcio!
Mas, independente da capa, o disco no geral é muito bom. Eu é que, pessoalmente, prefiro dos italianos mais moderninhos, do jazz e do rock progressivo. Pena que os Românticos de Cuba não chegaram a trabalhar esses tipos de música, hehehe…
sapore di sale – tornerai suzie
stasera pago io – io che amo solo te
arrivederci roma – o sole mio
ti guardero nel cuore – al di la
piove – conoscerti
aria di neve – la dulce estale
senza fine – una lacrima sul viso
prima di dormire bambina – nel blu dipinto di blu
addormentarmi cosi – l’abito blu
nessuno al mondo – arrivederci

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

3 thoughts on “Românticos De Cuba – Na Itália (1965)

  1. amigo, seu blog é muito recheado de pérolas da música, será que vc não tem aí músicas italianas antigas e animadas do tipo renato carosone, obrigado.

  2. Rodrigo, no blog há outros títulos onde a música italiana está presente. Dê uma pesquisada.
    Devo lembrá-lo também que o TM só posta música ou artista brasileiro.

  3. Bom dia. Lá vou eu fazer outro pedito. Dá pra postar este disco novamente? Já agradeço, pois sei que serei atendido.

Deixe uma resposta