Mara Do Nascimento – Instrumental (1982)

Muito boa noite amigos cultos e ocultos! Estou chegando agora para colocar a nossa postagem em dia. Hoje foi  o dia de encerramento do Conexão Vivo, um super evento musical que reuniu uma legião de bons artistas da nova safra da música brasileira. O lance aconteceu no Parque Municipal, de Belo Horizonte. Começou na quarta e terminou hoje. Além dos shows, houve também uma edição especial da Feira do Vinil e CD Independente, onde vários  colecionadores e lojistas estivaram por lá expondo suas bolachas. Eu também estive por lá vendendo meus discos de jazz e outras raridades. Sempre sem tempo, paguei uma pessoa para ficar vendendo os discos para mim. Só estive por lá mesmo ontem a noite e hoje durante todo o dia. Para não variar, comprei mais do que vendi. Por 100 reais comprei de um camarada 15 discos ‘zero bala’ do Neil Young, os primeiros e ainda por cima, importados. Não resisti… hehehe… Hoje o dia lá no Parque foi regado  à muita música boa, onde se destacava muito o instrumental. Tivemos por lá uma série de respeitáveis músicos que fizeram valer o meu dia. Inspirado com toda essa carga musical e ainda no ritmo feminino, vou postando  um disco da violonista e compositora mineira, Mara do Nascimento. “Instrumental” é uma álbum da melhor qualidade, onde temos onze temas próprios, todas composições de Mara. Para engrossar o caldo e dar mais brilho ao seu “Instrumental”, ela conta com um time de músicos de primeira. Gente como Gilson Peranzetta, Eduardo Delgado, Yuri Popoff, Lydston do Nascimento, Lena Horta e outros no mesmo grau.
Música de qualidade pronta para o consumo. Confiram aí este álbum, que além do mais é uma produção independente (e olha que nem é sexta feira!).

de mim
até que enfim
sujeito a mudança
sai que la vai
meus meninos
de volta pra casa
nós todos
baião do doidos
conversa
momento aqui entre nós

Deixe uma resposta