Marcos Sabino – Reluz (1982)

Olá, amigos cultos, ocultos e associados! Hoje trazemos a vocês o primeiríssimo álbum do cantor e compositor Marcos Sabino. Com o nome completo de Marcos Sabino Braga Ferreira, nosso focalizado veio ao mundo no dia 27 de janeiro de 1950, na cidade de Niterói, litoral fluminense. Tocando e compondo desde criança, integrou, ainda adolescente, um conjunto de rock chamado Os Inocentes. Depois, fez parte dos grupos Antares e O Circo. Em 1978, venceu o Festival de Miracema, interpretando a composição “Esperança”, de Salu (coincidentemente a faixa que encerra o presente álbum). Compôs em parceria com nomes de prestígio da MPB, tais como Dalto, Erasmo, Paulo Sérgio Valle e Sérgio Caetano. Algumas de suas composições fizeram sucesso nas vozes de cantores como Leonardo, Fábio Júnior, Jerry Adriani, Simony, a dupla Pepê e Neném  e ainda as bandas The Fevers, Asa de Águia, Harmonia do Samba e Fat Family. O primeiro e maior hit nacional de Marcos Sabino, ainda hoje na memória de muita gente, foi a balada romântica “Reluz”, dele mesmo sem parceria, em 1982. Lançada em compacto simples, daria título, mais tarde,  a este seu primeiro LP, com direção de produção a cargo de João Augusto, mais tarde proprietário da gravadora Deck Disc e da Polysom, única fábrica de discos de vinil em operação no Brasil, que fica na cidade fluminense de Belford Roxo.  Curiosamente, este disco saiu com apenas oito faixas, quatro de cada lado, como acontecia com os antigos LPs de dez polegadas. É que, na época de seu lançamento, o mercado fonográfico enfrentava, como agora,  uma crise, e, para baratear o custo de produção dos LPs, a Polygram (hoje Universal Music) resolveu lançar alguns títulos dentro do sistema New Disc, caso deste aqui. Evidentemente, a coisa não durou muito tempo. Ainda assim, é um trabalho primoroso e de qualidade, verdadeiro documento de uma estreia promissora.  Marcos Sabino ainda lançaria mais oito álbuns até 2005, e continua em franca atividade, mesmo não aparecendo muito na mídia. Atua, inclusive, como produtor de discos e compositor de jingles publicitários, além de realizar shows por todo o país. Já foi também presidente da FAN (Fundação de Artes de Niterói). Enfim, um artista de respeitável currículo, que o TM apresenta aqui em seu primeiro álbum.

 reluz
remanso
aquela paz
nicty city
correnteza
saindo pelo ladrão
rastro de estrela
esperança
.* Texto de Samuel Machado Filho

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta