Manfredo Fest Trio (1965)

Boa noite, meus caríssimos amigos cultos e ocultos! Para fugir um pouco do programado, eu, as vezes, gosto de ter a mão alguma alternativa que venha do inesperado. Em outras palavras, embora eu já tenha uma seleção de discos predeterminados para a semana, as vezes é bom quando surge um outro, fora do contexto, fora do esperado, que dá uma bagunçada na lógica, na minha lógica de postar. Hoje eu trago algo assim. Uma colaboração dos amigos Célio e Márcio, da loja Acervos Lps, que vem conquistando espaço em Belo Horizonte para os amantes do vinil. Lojinha bacana na Savassi, com muitas variedades e preços imbatíveis (eis o segredo dos caras).
Temos aqui o excelente Manfredo Fest em trio, também formado por Heitor Gay de Faria Maris, na bateria e Mathias Mattos, no contrabaixo. O Manfredo Fest Trio foi lançado pelo selo RGE. Disco este que não consta em discografias do músico. Uma pérola da bossa jazz brasileiro, que passou meio batido, afinal era 1965, um ano sem grandes manifestações fonográficas. Não por falta de material, mas pela própria contingência da situação política no Brasil. A tomada do Poder pelos militares em 64 gerou uma espécie de paralisação cultural no ano seguinte. 1965 foi mesmo um ano inexpressivo em termos de publicações musicais. Basta ver que ao longo de todo esse tempo de Toque Musical, poucos foram os discos do ano de 65. Aliás, eu ainda não tinha visto este disco em outras fontes. Creio que aqui ele está fazendo a sua estréia 🙂
reza
quem é homem não chora
samba de verão
“m.e.” vestida de amarelo
estamos aí
você
consolação
impulso
só você
enquanto a tristeza não vem
samba de negro
o menino das laranjeiras
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta