Paulo Gracindo – Poemas E Sonetos De Ghiaroni (1956)

Olá a todos! A partir de amanhã estarei oficialmente de… FÉRIAS!!! Quinze dias de pernas pro ar, êta coisa boa! Havia pensado em fazer uma viagem , mas a chuva está me tirando o tesão. Por enquanto eu ficarei por aqui e o Toque Musical continua a sua jornada diária. Mas, já fiquem os amigos cultos e ocultos avisados, poderemos vir a dar uma pausa de, pelo menos, uma semana, ok?
Continuando nossas postagens alternadas entre poesia e música, reservei para o domingo um encontro com Ghiaroni, na interpretação impecável do grande ator Paulo Gracindo. Temos aqui um lp de dez polegadas lançado pela Sinter em 1953, de sua série dedicada à poesia. Nele, Paulo Gracindo interpreta quinze poemas de um escritor, hoje em dia, pouco lembrado, o jornalista, poeta, cronista e autor de várias e famosas novelas e programas de rádio, Giuzeppe Ghiaroni. Embora seu nome nos soe como um estrangeiro, mais especificamente italiano, o poeta era carioca, da cidade de Paraíba do Sul, na Serra Fluminense. Ghiaroni escreveu várias novelas para o rádio, nas quais Paulo Gracindo era um de seus principais atores. Paulo, antes da TV, do memorável e impagável personagem de Odorico Paraguassú, já era um homem do teatro e do rádio. Começou na Rádio Tupi e depois foi para a Nacional. Trabalhou como produtor, apresentador, locutor e animador de uma série de programas. Esses fatores em comum, além da admiração mútua entre eles, propiciou a gravação deste disco, que nos traz um belíssimo resultado e digno de resgate. Vamos ouví-lo?

a máquina de escrever
homenagem
doce nome de estela
a luz de maria
injustiça
previsão
dia das mães
a palavra querida
beijos
veneração
não me faças sonhar
respeito
tereza
beijo
aquilo
.
PS.: Para engrossar o caldo, estou incluindo um pouco mais de Ghiaroni. Segue aqui alguns registros do programa de humor, “Tancredo e Trancado”, escrito por ele para a Rádio Nacional na década de 40. Muito bom!

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta