Sergio E Eduardo Abreu – Os Violões De Sergio E Eduardo Abreu (1971)

Opa! Cheguei a tempo… Domingo é assim, um dia imprevisível, nunca se o que vai rolar na programação. Acabei tendo a minha agenda toda tomada e só agora fiquei liberado. Vamos lá…
Antes de tudo, mais uma vez eu quero agradecer aos amigos e visitantes casuais do blog. Se estamos aqui a três anos e cada vez crescendo mais, é uma prova de que estamos agradando 😉
Sendo hoje um domingo e já entrado para um fim de noite, pensei em darmos ouvidos ao um batido de violão diferente. Na verdade são dois violões, dois excelentes instrumentistas e irmãos, interpretando obras de Telemann, Scarlatti, Bach, Scheidler, além de compositores espanhóis como Fernado Sor, Enrique Granados, Joaquín Rodrigo e Isaac Albéniz. Sergio e Eduardo Abreu foi um duo do violão clássico dos mais promissores nos anos 60 e 70. Reconhecidos internacionalmente, excursionaram pela Europa e Estados Unidos. Estudaram com Adolfina Raitzin de Távora, antiga aluna de Andrés Segovia. Eu não sei bem o motivo, mas ainda na década de 70 eles se separaram. Eduardo resolveu seguir a carreira científica e o Sergio tornou-se um dos mais conceituados luthiers brasileiros. Me parece também que eles não chegaram a gravar muita coisa. Um amigo me enviou as outras gravações deles. Se vocês gostarem, acredito que estarão disponíveis. Ouçam este disco, lançado pela CBS em 1971. Muito bom. Bom para um fim de noite. Até amanhã 🙂

anon: drewries accordes
anon: le rossignal
telemann: canon
scarlatti: pastorale
bach: prelúdio n. 3
scheidler: sonata em ré
sor: tema e variações
granados: intermezzo
rodrigo: tonadilla
albeniz: evocação
de falla: dança espanhola

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta