Prêmio Cidade De S. Sebastião Do RJ – Os Melhores Do Disco Nacional (1965)

Olá, amigos cultos e ocultos! Hoje o Toque Musical apresenta uma coletânea muito interessante, lançada pela Odeon em 1965, reunindo alguns dos agraciados com o Prêmio Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, idealizado pelo crítico Claribalte Passos, do extinto jornal “Correio da Manhã”, para premiar os melhores do disco no Brasil. É ele quem, inclusive, assina o texto de contracapa deste disco, uma seleção acrescida de aplausos ao final de cada faixa, com o claro objetivo de dar ao ouvinte a sensação de estar no local da premiação, o Teatro Municipal do Rio. O repertório, de fato, merece aplausos, pois tem ótimos momentos pra gente recordar. Entre os premiados escolhidos para este álbum, estão Moreira da Silva (“O rei do gatilho”), Dalva de Oliveira (“Rancho da Praça Onze”), João Gilberto (“Desafinado”), o grande Wilson Simonal (apresentando um pot-pourri de bossa nova), Elza Soares (“O samba brasileiro”) e Dorival Caymmi (“Saudade da Bahia”). Abrindo o disco, uma composição do próprio Claribalte Passos, “Rio, eterna capital”, executada por orquestra. E, encerrando com chave de ouro, o “Rancho das flores”, com a Banda do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. Ao ouvirem este disco que merece com todos os méritos o nosso TM, vocês com certeza também terão vontade de aplaudir o repertório aqui incluído. É só ir ao GTM e conferir.

rio eterna capital – orquestra
reza – pery ribeiro
o rei do gatilho – moreira da silva
rancho da praça onze – dalva de oliveira
pot pourri de bossa nova – wilson simonal
última inspiração – luperce miranda
prece – dalva de oliveira
samba de verão – marcos valle
o samba brasileiro – elza soares
desafinado – joão gilberto
saudades da bahia – dorival caymmi
rancho das flores – banda do corpo de bombeiros



*Texto de Samuel Machado Filho

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.