Orquestra Moderna de Câmara – Brasil Bossa Nova (1962)

Bom dia a todos os amigos cultos e ocultos! Dentro desta mostra de fim de ano, trago aqui mais uma orquestra em ritmo de Bossa Nova. Temos desta vez a Orquestra Moderna de Câmara e seu lp “Brasil Bossa Nova”, um disco lançado pelo sofisticado e diferenciado selo Nilser, do músico e empreendedor Nilo Sérgio que também era o dono da gravadora brasileira Musidisc. Os álbuns da Nilser eram geralmente produções luxuosas, em capa dupla, com recortes e outras características conceituais que os diferenciavam dos discos fabricados no Brasil. Um bom exemplo é este, que tem capa dupla, recortes e um trabalho de arte magnífico, com ilustração do artista Ademir Martins. “Brasil Bossa Nova” é um belíssimo disco com essa orquestra que provavelmente era a de estúdio da Musidic e isso se percebe pela total ausência na ficha técnica até mesmo do maestro e arranjador. Mas, independente disso, o que temos aqui é um repertório, para a época, moderno com várias músicas que se tornaram clássicos os verdadeiros clássicos da Bossa Nova. Muito bacana, não deixem de conferir…
 
solução – dizem por aí
chega de saudade – o menino desce o morro
ideias erradas – chora tua tristeza
na cadência do samba – leva meu samba
meditação – este seu olhar
samba de uma nota só – desafinado
manhã de carnaval – a felicidade
samba triste
o barquinho
menina moça – mulher de trinta
mulata assanhada – samba que eu quero ver
 
 
.
 

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.