Delora Bueno – Cânticos Brasileiros (1955)

Olá amiguinhos cultos e ocultos! Nadando de braçada nas heranças fonomusicais vindas de finados sítios, vamos assim finalizando esse ano de 2020. Consegui, enfim, alcançar a meta das 365 postagens do ano, muito por conta da quarentena que me deu tempo para fazer as coisas direitinho. Espero que no ano que está vindo a gente possa continuar mantendo a regularidade diária.
Hoje o nosso encontro é com a cantora Delora Bueno. Um nome, talvez, pouco lembrado nos dias atuais. Delora foi uma cantora que nasceu nos Estados Unidos, filha de mãe americana e pai brasileiro. Nasceu em Iowa, Estados Unidos’, mas cresceu no Brasil. Viveu aqui até os 19 anos, quando então foi morar de vez na América. Por lá se casou e a a partir de então teve uma carreira de estaque como cantora, animadora de palco e professora de canto, atuando tanto na América quanto no Brasil. Era considerada pela imprensa americana como a embaixadora da canção popular brasileira. Gravou vários discos, tanto aqui quanto lá fora. Entre seus trabalhos temos aqui este disco de 1955, lançado pela Odeon, “Cânticos Brasileiros”, uma celebração a nossa música popular e folclórica. Confiram no GTM…
 
tambatajá
oia o sapo
toca-toca
pingo d’água
cobra grande
maringá
tayeiras
casinha pequenina
upa upa meu trolinho
 
 
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.