Sidney Miller (1967)

Olá amigos cultos e ocultos. Hoje, meio as pressas, vamos ficando com o Sidney Miller. Este é um disco que merece mais atenção e até algumas palavras em consideração. Todavia, vou me satisfazer apenas em postá-lo. Sei que é um álbum já bem explorado e publicado em diversos outros blogs, mesmo assim quero deixar a minha versão.
Sidney Miller foi um compositor dos mais talentoso. Na minha visão ele era um misto de Caetano Veloso e Chico Buarque de Holanda. Suas músicas sempre me remetem à esses dois, talvez porque tenha as mesmas qualidades, tanto musicais quanto poéticas. Este disco é sem dúvida um clássico da mpb. Um álbum que está na lista dos meus três mil discos básicos e indispensáveis da música brasileira. Aqui encontramos seus maiores sucessos. A presença de Nara Leão no dueto da ‘festivalíssima’ “A estrada e o violeiro” ou em “Menina da agulha”. Tem também “O circo”, música que Nara gravou posteriormente, se tornando outro grande sucesso. No álbum temos muita coisa boa. Se alguém ainda não tinha ouvido o lp, a oportunidade é esta. Confiram, pois…
Os cães ladram e a caravana continua passando…

a estrada e o violeiro
chorinho do retrato
maria joana
marré de cy
argumento
minha nêga
botequim nº 1
o circo
meu violão
passa, passa gavião
menina da agulha
pede passagem

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta