Armandinho – Armando Macedo (1970)

Olá amigos cultos e ocultos! Começamos a semana com uma colaboração do amigo Tales, que nos enviou dentro da NTTM (Normas Técnicas do Toque Musical) este raríssimo álbum do baiano Armandinho (não confundir com o cantor de reggae que é gaúcho).

Com apenas 9 anos Armando Macedo iniciou sua carreira musical, dedilhando o bandolim de seu pai. E ao lado dele o garoto prodígio fez renascer o famoso e original Trio Elétrico da Bahia, também conhecido como o Trio Elétrico de Dodô e Osmar ou ainda, Trio Elétrico de Armandinho, Dodô e Osmar. Durante os anos 60, o menino era a grande sensação e o diferencial entre os diversos grupos que os imitavam no carnaval da Bahia. Em 1969, Armando Macedo ou Armandinho, como ficou mais conhecido através dos Novos Baianos e de seu grupo A Cor do Som, gravou dois compactos pela Codil que lhe valeram a oportunidade de gravar este que seria o seu primeiro álbum. Nele encontramos o instrumentista e seu bandolim, acompanhado pelo Regional de Canhoto e também por Dino 7 Cordas, num repertório clássico e variado, dedicado essencialmente ao samba, seresta e choro. Armandinho mostra aqui o porque hoje em dia é considerado uma das maiores sumidades das cordas. Bacana! Confiram aí o toque…

arrependimento
viola enluarada
tico tico no fubá
martinha
desespero
hino do senhor do bonfim
aquarela do brasil
peguei um ita no norte
iracema
vassourinhas
prenda minha
minas gerais
são paulo quatrocentão
cidade maravilhosa
na baixa do sapateiro
pra frente brasil
molambo
divagando pelo cais
bentevi atrevido
carolina
o destino desfolhou

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta