Paulo Freire – Sambas Em Estéreo (1973)

Finalmente chegou nossa vez. Enquanto a turma vai pro recreio eu aproveito para dar o toque musical do dia. Nesta semana vamos levando na descontração, com um cardápio variado.
Temos para hoje mais um disco bacaninha. Um álbum do tecladista Paulo Freire, nome pouco conhecido para a grande maioria, inclusive eu que só vim a conhecer seu trabalho através de um outro álbum postado no Loronix. Lamentavelmente, não há muito o que encontrar sobre na rede.
Para aqueles que apreciam o som do Walter Wanderley, possivelmente vão gostar de “Sambas em Estéreo”. Um trabalho com a mesma pegada do lendário tecladista. (sem fazer comparações, apenas semelhanças)
Este LP é um mostruário das qualidades do órgão eletrônico Yamaha-EX-42, uma autentica nave espacial sonora, na qual Paulo pilota com maestria. Na época, inicio dos anos 70, na compra de um teclado desses da Yamaha, vinha de brinde o disco.
“Sambas em Estéreo” é um disco instrumental muito gostoso de ouvir. Um autêntico ‘lounge pop samba’ O que é isso? Só mesmo ouvindo para entender. Vai fundo e não o desmereça, avaliando apenas pela capa. 😉

o ferroviário
lamento do capoeira
pago pra ver
amanhã é outro dia
retalhos de cetim
adeus e até logo
sou da madrugada
ouça meu amor
orgulho de um sambista
andança

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

2 thoughts on “Paulo Freire – Sambas Em Estéreo (1973)

Deixe uma resposta