Compactos De Festivais (1968, 70, 72)

Compactos de Festivais ou festival de compactos? É, pelo jeito teremos que prolongar por mais uma semana as postagens de compactos. Está ‘bombando’, como diz o outro… Acho que vou fazer o seguinte, na próxima semana, colocarei intercalado às postagens tradicionais, os disquinhos, ou então irei revezando. Vamos ver…

Hoje temos aqui três compactos de três diferentes festivais de música. Como podemos ver logo acima (ou logo a baixo), temos: o III Festival Internacional da Canção Popular de 1968 trazendo Cynara & Cybele cantando “Sabiá”, de Chico Buarque e Tom Jobim, música vencedora, que levou o primeiro lugar da festa. Do outro lado temos o terceiro lugar, “Andança”, de Danilo Caymmi, Paulinho Tapajós e Edmundo Souto, aqui cantanda por Danilo e Vânia (Santos Leal de Carvalho, irmã de Beth Carvalho). Segue com o III Festival Universitário da Música Brasileira, de 1970. Neste temos o MPB 4 com o samba, “Amigo é pra essas coisas” de Aldir Blanc e Sílvio da Silva Jr. Do outro lado segue o Gonzaguinha com sua música “Parada obrigatória para pensar”. No terceiro compacto vamos ter o VII Festival Internacional da Canção, de 1972, aqui representados por Jorge Ben e seu “Fio Maravilha” e o MPB 4 com “Viva Zapátria”, dos mineiros Sirlan e Murilo Antunes. Os disquinhos desta série não chegam a ser totalmente raridades, considerando que praticamente tudo dos antigos festivais pode ser encontrados na blogosfera, mas não deixam de ser uma boa e interessante opção. Vamos conferir? 😉
andança – danilo caymmi e vânia
sabiá – cynara e cybele
+
amigos é pra essas coisas – mpb 4
parada obrigatória para pensar – luiz gonzaga jr
+
fio maravilha – jorge ben
viva zapátria – mpb 4

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

9 thoughts on “Compactos De Festivais (1968, 70, 72)

  1. Informações:

    1) “Andança” foi defendida no festival por Beth Carvalho & Golden Boys. A Vania Carvalho, que gravou no compacto com Danilo Caymmi, é irmã da Beth;

    2) “Amigo é prá essas coisas” foi do Festival Universitário de 1969, da extinta TV Tupi. Ficou em 2º lugar e a vencedora foi “Dia 5” do Ruy Maurity & José Jorge Miquinioti.

    Maravilhas.

  2. Eu também falhei ao dizer que Andança foi defendida por Danilo Caymmi e Vania Carvalho. Eu me esqueci completamente e olha que eu já havia postado o primeiro disco da Beth Carvalho onde tem a música defendida por ela e os Goden Boys e já havia também mencionado isso, mas esqueci… Boa lembrança! Valeu a correção!

  3. Excelente a idéia de postar os compactos. Meus parabéns!!!
    “Fio maravilha”, uma homenagem de Jorge Ben(jor)ao ex-jogador Fio, que – tolinho! – processou o cantor por direitos autorais, foi defendida por Maria Alcina. Devido ao processo, a música mudou o nome para “Filho maravilha”.
    Parte dessas músicas já foi lançada e relançada, inclusive em CD. Acho que a postagem ficaria mais valorizada se colocasse o lado B desses discos.

  4. Gostei desses compactos.
    Por falar em festival, alguém teria o compacto da Joelma cantando Ponteio? Sei que no lado B do disco traz essa mesma música em versão instrumental.

Deixe uma resposta