Moraes Moreira – República da Música (1988)

Este disco do Moraes Moreira vale pela capa. Uma sátira ou referência sobre um fato curioso ocorrido alguns meses antes do lançamento do disco. No final de 1987, uma embarcação de nome “Solana Star” com um carregamento de 15.000 latas de maconha (pesando 1,25 Kg cada) procedente da Indonésia, foi interceptada pela guarda costeira no litoral brasileiro. Para evitar o flagra a turma à bordo resolveu dispençar a carga jogado ao mar. Deu merda para os caras do mesmo jeito. Por outro lado, acabou fazendo a alegria da malucada naquele verão e por mais uns bons meses. Aquilo era um ‘maná’, um fumo nota 10! As latas se espalharam, sendo levadas às praias pelas marés, do sul da Bahia até Santa Catarina. A polícia federal correu atrás mas já era tarde. A malucada correu primeiro. Muita estória sobre isso foi contada e já virou lenda praieira. Mas de uma coisa eu posso ter certeza, essa capa do Moraes Moreira não foi atoa. Embora em todo o disco nenhuma faixa faça referência à droga, fica claro que a “República da Música” é mesmo ‘da lata’.

1. Vem me perdoar (Zeca Barreto – Moraes Moreira)
2. Do Caribe (Rodrigo Campello – Guilherme Maia – Fernando Moura – Moraes Moreira)
3. Dança dos bichos (Moraes Moreira)
4. Amores urbanos (Zeca Barreto – Fausto Nilo – Moraes Moreira)
5. Ferro na boneca (Galvão – Moraes Moreira)Participação: Baby do Brasil / Pepeu Gomes / Paulinho Boca de Cantor
6. Fogueira nova (Fausto Nilo – Armandinho – Moraes Moreira)
7. Carnê do carná (Moraes Moreira)
8. Quilombahia (Zeca Barreto – Moraes Moreira)
9. Rádio amador (Moraes Moreira)
10. Preta, pretinha (Galvão – Moraes Moreira)

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta