Al Newman E Orquestra – Meu Amor … Você (1960)

Boa noite a todos os amigos cultos e ocultos! Neste domingo que passou o papai aqui resolveu tirar uma folga. Eu normalmente, nessas datas costumo postar algum disco relacionado ao tema da data. Sobre o ‘Dia dos Pais’ eu certamente devo ter algum disco, mas vai ficar para uma próxima…
Ontem eu anunciei no Facebook uma nova postagem do Grand Record Brazil, dedicada à Aracy de Almeida. Para tanto, fiz uma brincadeira, postando uma foto de um show do Prince. Das duas, uma… Ou ninguém entendeu, ou ninguém da minha lista de amigos está querendo ver as minhas publicações. A piada é boa… Vi essa foto do Prince, com um novo visual afro e aquele óculos escuro, ficou a cara da Aracy de Almeida. E para reforçar a ideia, coloquei o Silvio Santos tocando bateria. Acho que ninguém ‘curtiu’, que pena…
Mas voltando às orquestras, temos mais uma que merece a nossa atenção, “Al Newman e Orquestra” Eis aqui outra incógnita que vale comentários. Será que alguém aí sabe quem foi Al Newman? Conheço dois discos dele, ambos pela etiqueta “Som”. Lançados, inclusive, numa mesma época e em estilosas capas forradas em tecido de saco de linhagem. Porém, a figura do misterioso ‘maestro’, que nos sugere ser um artista internacional, creio que não existe. Ou por outra, este deve ser mais um pseudônimo criado pela gravadora, coisa comum naqueles tempos. O certo é que o disco é bem interessante. Um repertório predominantemente de sambas, mas tem lugar para alguns boleros e fox. Pessoalmente, gosto mais do lado do, onde o samba é quem dá a cadência. Não deixem de conferir.

a volta
maldito
capricho
tender is the nigth
para que me enganar
meu amor… você
areia branca
samba da madrugada
piada
leilão
cravo vermelho
é a tua vez de sorrir
houvesse um coração
.

Comments

comments

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Deixe uma resposta