Zé Kéti – Sucessos de Zé Kéti (1964)

Bom dia amigos cultos e ocultos! Iniciamos a semana como prometido, alternando entre o disquinho e o discão. Abrindo nossa programação semanal, temos assim o compositor Ze Keti.

O álbum que eu estou apresentando, consta como sendo de 1967 em alguns sites, mas eu tenho cá as minhas dúvidas. Isso se deve ao fato de que na bibliografia musical do artista algumas de suas composições foram lançadas em 67, como “Máscara negra”. Mas curiosamente, no texto de contracapa do disco, temos este como sendo seu primeiro LP. Se foi mesmo o primeiro, então a data certa seria 1964. Depois de alguns enganos por parte do Dicionário Cravo Albin, passei a não considerar este como única fonte de informação. Por outro lado, o site Memória Musical Brasileira anda fora do ar. Daí ficou a dúvida, já que o disco não tem o registro da data de lançamento. Alguém aí pode dar uma luz?
Seja como for, o mais importante nós temos aqui, o artista e sua obra. “Sucessos de Zé Kéti” foi lançado pelo selo pernambucano Mocambo, da fábrica de discos Rosenblit. É um disco muito bom, um clássico da nossa música popular. Temos o sambista em onze composições próprias, sucessos como “Máscara Negra”, “Opinião”, “Vestido tubinho” e “Diz que fui por aí”.
Zé Kéti foi um dos grandes artistas. Esteve ao lado de outros grandes nomes do samba e da Velha Guarda foi literalmente um apresentador, ressuscitando nomes como Nelson Cavaquinho e Cartola. Nos anos 60 se destacou também ao lado de Nara Leão e João do Vale no Show Opinão, onde alguns de seus sucessos foram lançados…
Desculpem, amigos, mas esse tal horário de verão atropelou todo o meu ritmo biológico. Hoje eu estou com a cabeça ainda mais no ar. Tá difícil até para escrever. Melhor é ouvir…
prece de esperança
viver!
máscara negra
cicatriz
opinião
mascarada
poema de botequim
queixa
o favelado
vestido tubinho
diz que fui por aí

Deixe uma resposta