Totonho – Dia A Dia (1978)

Boa noite, meus prezados! Eu havia preparado a postagem de hoje, mas quando já estava para publicá-la percebi que não gravei o lado B (hehehe…). Só agora consegui uma brecha e felizemente achei um disco de gaveta feito sob medida. Já que a semana vai ser de samba, “Dia a dia” é um álbum que vai cair matando.

Totonho (Antonio de Oliveira) é um sambista, cantor e compositor. Mineirnho, de Além Paraíba, saiu das Gerais para se tornar um sambista respeitável no Rio de Janeiro. Fazia dupla com Paulinho Resende. Gravaram um compacto e tiveram suas músicas gravadas por grandes artistas, como Alcione que fez sucesso com o samba “O Surdo”. Devido ao sucesso que suas músicas alcançaram, acabou gravando pela Top Tape este lp, que de estréia contou com um texto de apresentação de Sérgio Cabral e participação de artistas de peso como Neco e Hélio Delmiro nos violões, Mestre Marçal e nada menos que o Azymuth (Alex Malheiros, Zé Roberto Bertrami e Mamão). Paulinho Resende cuidou da produção ao lado do Bertrami que também fez os arranjos e cuidou da regência. O repertório é todo autoral em parcerias, quase todas com Paulinho Resende. Disquinho bacana, podem conferir 😉
tempestade de amor
dia a dia
seu rio, meu mar
no quilombo da nega cafuza
laranjas e dedos
o surdo
sejas mar ou beija flor
que ingratidão
armadilha
trilaza
pode ser que amanhã amanheça chovendo
cruz credo mangalô três vezes

Deixe uma resposta