José Rastelli – Meu Amigo Violão Vol. 2 (1963)

Meus prezados, o Chico Zé já está de volta, completo em suas 14 faixas. Voltem lá e refaçam seus arquivos. E ponha a boca no trombone, caso encontre alguma postagem vencida.

Temos uma semana diversificada, bem variada, para ser mais exato. Ontem foi samba, hoje vai ser solos de violão. Geralmente quando publico álbuns de violonistas o ‘ibope’ é muito bom. Tenho certeza que o disco de hoje também vai fazer sucesso. Vamos hoje com o violão paulista do grande instrumentista José Rastelli. Um nome pouco conhecido além do universo das cordas. Um violonista virtuoso listado entre os mais escutados e estudados pelos amantes do violão. Rastelli estreou em disco pela Chantecler, no início dos anos 60. Da série “Meu amigo violão”, que eu sei, ele gravou uns quatro. Minha intenção era a de postar o primeiro, mas este não estava em boas condições, principalmente se tratando de solos de violão. Fica parecendo trilha para fritar ovo. Os estalos e chiados comprometem a audição. Daí optei pelo segundo, que de uma certa forma é até mais bonito e mais solto. O repertório é típico, variando do erudito ao popular. Para aquele que não conheciam José Rastelli ou querem mais informações sobre o músico, sugiro visitarem o seu espaço.
olhos negros
brejeiro
o despertar da montanha
canção de dalila
valsa venezuelana
prelúdio nº 1
hi-lili-hi-lo
oh, doce mistério da vida
el cubanchero
noche de ronda
sonho de amor
cinquantaine
cinzas do coração

Deixe uma resposta